Terminal Novo Mundo e Corredor Leste já estão em operação na cidade de Uberlândia

Novo BRT beneficia mais de 50 mil usuários do transporte público do setor leste de Uberlândia.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Foto: Divulgação

Na madrugada deste sábado (21), o Corredor Estrutural Leste da avenida Segismundo Pereira e o Terminal Novo Mundo entraram em operação. Agora, a população de Uberlândia conta com mais dois importantes equipamentos de mobilidade urbana. O local foi projetado para atender cerca de 50 mil de usuários das linhas de ônibus do transporte público da cidade.

Morador do bairro Morumbi, Jean Mathias Costa acredita que o corredor vá facilitar a vida dos usuários. Ele foi um dos primeiros passageiros a embarcar no terminal e ficou muito satisfeito com a estrutura. “Acho que é uma grande melhoria, não só pra pra quem mora aqui perto, como eu, mas para toda a cidade. Com certeza vai facilitar bastante a vida de muita gente, já que vai diminuir  o tempo que passamos dentro de ônibus e até a chegada até os destinos finais”, concluiu.

- Continua depois da publicidade -

Já Ana Maria Andrade Thomas, também moradora do bairro Morumbi, espera que o terminal ajude ainda mais quem depende do transporte público. “Penso que trará melhorias e mais rapidez para andar em Uberlândia. Como é o primeiro dia, achei fundamental os fiscais ajudarem as pessoas que estão se acostumando ainda com as linhas e qual caminho devem tomar”, disse.

Segundo o secretário municipal de Trânsito e Transportes, Divonei Gonçalves, pequenos ajustes serão realizados conforme o andamento da operação. “Durante as primeiras horas, ocorreu tudo bem. Qualquer dúvida que a população possa ter, contamos com diversos profissionais nesse período de adaptação. A tendência é que com o passar do tempo, tudo entre na normalidade”, afirmou.

Interligado

Totalmente interligado ao sistema, os novos equipamentos vão disponibilizar 14 linhas de ônibus, das quais três são novas, para beneficiar diretamente a mobilidade de mais de 50 mil pessoas no setor leste da cidade (confira aqui a lista completa de linhas disponíveis).

O corredor implantado pela Prefeitura de Uberlândia na Segismundo Pereira tem 6 km de extensão e liga o Terminal Novo Mundo ao Corredor Estrutural Sudeste (da avenida João Naves de Ávila) por meio de 11 estações acessíveis localizadas no canteiro central da via. Em operação, não só vai garantir mais agilidade, conforto e segurança no deslocamento dos usuários ao centro (Terminal Central), como também vai permitir integrações com os demais terminais da cidade (clique aqui para entender como funciona).

Moradores de cerca de dez bairros serão diretamente beneficiados. Dentre eles: Santa Mônica, Segismundo Pereira, Novo Mundo, Alvorada, Morumbi, Sucupira, Joana D’arc, São Francisco, Dom Almir e Prosperidade.

Informação

Desde o início dessa semana, ações de orientação à comunidade têm sido realizadas nos terminais, ônibus e vias da cidade, como a avenida Segismundo Pereira. A primeira atividade foi afixar cartazes informativos nos terminais e ônibus que estarão envolvidos nas mudanças. Na segunda parte, foram entregues folhetos para passageiros, pedestres e comerciantes sobre as mudanças no trânsito.

Para orientar a população sobre as alterações no trânsito e nas linhas que farão parte do Corredor Estrutural Leste, da avenida Segismundo Pereira, e do Terminal Novo Mundo, foi criado um espaço no Portal da Prefeitura para que as dúvidas da comunidade sejam esclarecidas.

12 anos depois

O Corredor Estrutural Leste será o segundo BRT construído e colocado em operação pela Prefeitura de Uberlândia desde 2006. Naquele ano, durante o primeiro mandato do prefeito Odelmo Leão (2005-2008), foi inaugurado o primeiro projeto para a cidade. Trata-se do Corredor Estrutural Sudeste sobre a avenida João Naves de Ávila, que revolucionou o transporte público da cidade.

As obras do novo Corredor Leste integram o programa Uberlândia Integrada, que contempla a expansão do SIT, por meio de BRTs, com a construção ainda de outros quatro corredores com terminais no município (Sudoeste, Oeste, Norte e Sul).  Os trâmites para financiar o projeto foram iniciados em 2012, já no segundo mandato do prefeito Odelmo Leão (2009-2012), dentro do programa Pró-Transportes, do Ministério das Cidades. São mais de R$ 100 milhões para as obras de mobilidade urbana.

Em janeiro de 2017, quando o prefeito Odelmo Leão retornou para o terceiro mandato, as obras do Corredor Leste foram encontradas inacabadas, sendo necessária gerência da administração municipal junto à empreiteira licitada para garantir que o serviço fosse entregue definitivamente à população.

Fonte: Prefeitura de Uberlândia

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -