Suspeitos de matar por causa de cerveja são presos pelas polícias Civil e Militar

Comerciante foi esfaqueado e morreu após recusar servir bebida no local para cumprir decreto municipal.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
A arma usada no crime foi apreendida pela Polícia Militar
Foto: ARQUIVO (Polícia Militar/PMMG)

A Polícia Civil, em conjunto com a Polícia Militar, desencadearam nesta sexta-feira (04/09) a operação “Guilhotina” para cumprir dois mandados de prisão contra suspeitos de envolvimento em um homicídio ocorrido em Rio Paranaíba.

O crime em questão aconteceu no dia 09 de junho e vitimou o dono de um bar/disk bebida. Segundo a Polícia Civil, durante as investigações os envolvidos na confusão foram identificados, bem como toda a dinâmica dos fatos, mecânica, circunstâncias e motivação do crime. Apurou-se, inclusive, que os envolvidos já tinham se desentendido anteriormente.

- Continua depois da publicidade -

Ainda segundo a PCMG, o inquérito foi concluído e os autos encaminhados para a Justiça Pública. Já os presos transferidos para o Sistema Prisional.

RELEMBRE O CRIME

Um comerciante de Rio Paranaíba foi morto a facadas na noite de terça-feira (09/06/20). De acordo com a Polícia Militar, dois clientes foram até um bar/disk bebida e pediram cerveja. A dupla, segundo a ocorrência, queria consumir a bebida no local, no entanto, o comerciante informou que não era permitido o consumo in-loco.

A partir deste momento se iniciou uma confusão. Ainda segundo a PM, o comerciante teria se apoderado de uma faca e foi na direção dos indivíduos e entraram em luta corporal.

O comerciante teria atingido um dos indivíduos, porém, durante a confusão ele deixou a faca cair ao solo e um dos homens a pegou e desferiu uma facada no peito da vítima.

A ocorrência ainda informou que um dos indivíduo teria segurado o comerciante para que o outro pudesse desferir o golpe. Quando a Polícia Militar chegou ao local os indivíduos já haviam fugido. O comerciante foi socorrido por uma ambulância do Hospital Municipal de Rio Paranaíba, porém não resistiu aos ferimentos e faleceu.

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -