Seleção de judô disputa o Grand Slam de Dusseldorf neste final de semana

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Brasileiros conhecem seus primeiros adversários no Grand Slam de Dusseldorf.

A seleção brasileira de judô já está na Alemanha para a disputa do segundo Grand Slam do ano, em Dusseldorf, nos dias 23, 24 e 25 de fevereiro. Em 2018, o torneio ganhou maior relevância no Circuito Mundial da FIJ ao ser promovido de Grand Prix a Grand Slam e, com isso, distribuir até mil pontos no Ranking Mundial.




- Continua depois da publicidade -

Nessa competição, o Brasil contará com 16 atletas, entre eles a atual número um do mundo no peso meio-leve (52kg) feminino, Érika Miranda, que estreará na temporada 2018 buscando manter-se no topo do Ranking.

“Tem aquela ansiedade da primeira competição do ano, voltando de férias, mas a vontade de ganhar sempre está aqui. Cada competição neste ano será um pequeno passo rumo a 2020. Dusseldorf sempre foi uma competição muito forte, equiparada à Paris. Foi bem justo ter mudado de status para virar Grand Slam, porque era um Grand Prix muito forte com nível de Grand Slam”, ressaltou Miranda. “Claro que a gente entra para ganhar qualquer competição, mas um Grand Slam tem muitos pontos em jogo e eu quero manter minha liderança no Ranking”, completa a brasileira, que soma 4700 pontos, 450 a mais do que a segunda melhor do mundo, Amandine Buchard, da França.

A equipe feminina contará ainda com a atual bicampeã mundial Mayra Aguiar (78kg), também competindo pela primeira vez no ano, assim como Stefannie Koyama (48kg), Barbara Timo (70kg) e Maria Suelen Altheman (+78kg). Eleudis Valentim (52kg), Ketleyn Quadros (63kg), Samanta Soares (78kg) e Rochele Nunes (+78kg), que representaram o país no último Grand Slam, em Paris, também estarão em Dusseldorf.

Para a disputa masculina, o Brasil vai com os ligeiros Eric Takabatake (60kg) e Phelipe Pelim (60kg), que teve o melhor resultado do país em Paris ao conquistar o quinto lugar; os leves Alex Pombo e Marcelo Contini (73kg); o meio-médio Leandro Guilheiro (81kg); o médio Eduardo Bettoni (90kg); e o peso pesado Ruan Isquierdo (+100kg).

Os primeiros brasileiros no tatame da ISS Dome, nova casa do evento alemão, serão Érika Miranda (52kg), Eleudis Valentim (52kg), Eric Takabatake (60kg) e Phelipe Pelim (60kg).

No sábado, 24, lutarão Ketleyn Quadros (63kg), Barbara Timo (70kg), Marcelo Contini (73kg), Alex Pombo (73kg) e Leandro Guilheiro (81kg).

Domingo, 25, será a vez de Mayra Aguiar (78kg), Samanta Soares (78kg), Maria Suelen Altheman (+78kg), Rochele Nunes (+78kg), Eduardo Bettoni (90kg) e Ruan Isquierdo (+100kg).

VEJA OS PRIMEIROS CONFRONTOS DO BRASIL NO GRAND SLAM DE DUSSELDORF

Seleção Feminina

Érika Miranda (52kg) x Khorloodoi Bishrelt (MGL)
Eleudis Valentim (52kg) x Mariana Esteves (POR)
Ketleyn Quadros (63kg) x Cloe Yvin (FRA)
Barbara Timo (70kg) x Asma Rebai (TUN)
Mayra Aguiar (78kg) x vencedora: Sama Hawa Camara (FRA) x Antonina Shmeleva
Samanta Soares (78kg) x Lisa Dollinger (GER)
Rochele Nunes (+78kg) x Galyna Tarasova (UKR)
Maria Suelen Altheman (+78kg) x vencedora: Ksenia Chibisova (RUS) x Nihel Cheikh Rouhou (TUN)

Seleção Masculina

Eric Takabatake (60kg) x Lukas Klemm (GER)
Phelipe Pelim (60kg) x Artem Lesyuk (UKR)
Alex Pombo (73kg) x Ion Nacu (MDA)
Marcelo Contini (73kg) x Lukas Reiter (AUT)
Leandro Guilheiro (81kg) x Jonathan Allardon (FRA)
Eduardo Bettoni (90kg) x Eyale Le Beau (COD)
Ruan Isquierdo (+100kg) x Andre Breitbarth (GER)

Fonte: CBJ


Clique aqui para ler essa matéria em sua fonte original.


FONTE: Portal Esporte Net

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -