Iniciativa Privada fecha parceria e projeto “Amigo da Praça” é implantado em Carmo do Paranaíba

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Foto: Divulgação

Você já pensou em adotar uma praça de sua cidade? Em Carmo do Paranaíba, instituições e empresas assumiram uma atitude que pode mudar o ambiente da cidade. As áreas verdes estão sendo adotadas, por meio de um Termo de Cooperação firmado com a Administração Municipal.

Estamos falando do projeto “Amigo da Praça” criado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, com o intuito de qualificar os espaços públicos de lazer por meio de parcerias público-privadas. O projeto propõe a participação da sociedade na conservação das áreas verdes da cidade.

- Continua depois da publicidade -

Qualquer empresa, escola, associação de bairro ou ONG pode adotar uma praça. Para participar basta procurar a secretaria municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico.

As instituições que já estão participando do projeto são o Supermercado Ideal (Praça Kennedy), o Lions Clube Maurício Rios (Praça Giuseppe Cimetta), a Escola Estadual Professor José Hugo Guimarães, (Praça Amador Carneiro) e a Escola Estadual Leôncio Ferreira de Melo (Praça São Francisco).

De acordo com o secretário municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, Lucas Rezende, a adoção de espaços públicos pela iniciativa privada complementa o trabalho da Administração Municipal e torna a cidade mais sustentável. “Este trabalho vem complementar a atuação da prefeitura, que concentra seus esforços para manter as áreas públicas em bom estado de conservação”, afirmou.

As empresas ou as pessoas que se oferecerem para cuidar de uma praça ou área verde assumirão o compromisso de cuidar do espaço, realizando manutenção, limpeza, melhorias urbanas e ambientais”.

FONTE: ASCOM Prefeitura de Carmo do Paranaíba

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -