Enem: prazo para justificar ausência e solicitar isenção termina amanhã (15)

Resultados serão divulgados no dia 22 de abril
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O prazo de duas etapas importantes para quem deseja participar do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2022 termina amanhã, dia 15. Os pedidos de isenção da taxa de inscrição e as justificativas de ausência no Enem 2021 devem ser realizados até as 23h59, na Página do Participante.  O resultado dos dois processos será divulgado no dia 22 de abril, conforme anunciado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Pode solicitar a isenção estudantes de escola pública que estão na última série do ensino médio em 2022. É possível ter direito ao benefício quem cursou todo o ensino médio em escola pública ou na condição de bolsista integral em escolas privadas cuja renda per capita seja igual ou inferior a um salário mínimo e meio.

Além desses, é garantida a isenção aos participantes declarados em situação de vulnerabilidade socioeconômica, por serem membro de família de baixa renda, e inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). Os solicitantes deverão informar o número de Identificação Social (NIS) único e válido. No site do Inep é possível conferir um passo a passo de como solicitar a isenção.

Justificativa de ausência no Enem 2021

Estudantes isentos da taxa de inscrição no Enem 2021 e que faltaram aos dois dias de prova precisam justificar a ausência para solicitar a isenção na edição de 2022. É preciso enviar documentação datada e assinada que comprove a ausência. Os materiais devem ser encaminhados nos formatos PDF, PNG ou JPG, com o tamanho máximo de 2 MB.

Conforme explicação no site do Inep são motivos que justificam a ausência no exame as seguintes condições: assalto ou furto; acidente de trânsito; casamento ou união estável; morte na família; maternidade ou paternidade; acompanhamento de cônjuge ou companheiro deslocado para outra cidade no período da aplicação; privação de liberdade; emergência, internação ou repouso médico ou odontológico; trabalho; deslocamento a trabalho; intercâmbio acadêmico e atividade curricular.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
A responsabilidade pelos comentários é dos respectivos autores. Eles não representam a opinião do Patos Notícias. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos são removidos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Usamos cookies para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências.  Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.