“Divulgação prematura e irresponsável” afirma defesa de família investigada por trabalho análogo à escravidão

Segundo a nota, a defesa ainda não teve acesso a todos os elementos da investigação.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
O Fantástico mostrou imagens do momento que Madalena foi “resgatada” do apartamento no centro de Patos de Minas
Foto: Reprodução (TV Globo)

A defesa da família envolvida em uma investigação de trabalho análogo à escravidão divulgou uma nota nesta segunda-feira (21) após reportagem do Fantástico.

Segundo o advogado, Brian Epstein Campos, a divulgação foi “prematura e irresponsável” e causa perigo a segurança pessoal dos membros da família.

Leia a íntegra:

Com respeito a todas as interpretações e ao direito de manifestação possíveis e válidas numa democracia, a defesa informa que ainda não teve acesso a todos os elementos que envolvem a senhora Madalena. A divulgação prematura e irresponsável, pelos fiscais e agentes do Estado, antes de um processo que por sentença reconheça a culpa, viola direitos e dados sensíveis daquela família e vulnera a segurança pessoal deles. A defesa seguirá, discreta e séria,
atuando exclusivamente nos limites constitucionais e do Devido Processo Legal. Estamos em um momento de confraternização cristã e uma reflexão cautelosa, após conhecimento de todos os fatos nunca criará prejuízos.

Confira também:

Patos de Minas é destaque no Fantástico após resgate de mulher em condições análogas à escravidão

UNIPAM afasta professor investigado por trabalho análogo à escravidão

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. A responsabilidade dos comentários é integralmente de seus autores. Comentários que são considerados como spam ou ofensivos devem ser denunciados diretamente ao Facebook. O Patos Notícias se reserva ao direito de remover postagens que violem seus termos de uso ou as leis vigentes sem prévia notificação. 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.