Deputada Greyce Elias contribui para a habilitação de hemodiálise pelo SUS na Clínica do Rim em Patos de Minas

“Estamos travando essa demanda há 7 meses e conseguimos mais uma conquista" afirmou ela.

Compartilhe

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Greyce Elias - Deputada Federal
Greyce Elias é deputada federal pelo AVANTE
Foto: Divulgação

A Deputada Federal Greyce Elias anuncia mais uma conquista importante para a região, a viabilização junto o Ministério de Saúde, a pedido do Dr. Ricardo Borges e Silva, da Habilitação da Clínica do Rim do Alto Paranaíba via SUS, para atendimento especializado de doenças renais crônicas, hemodiálise, diálise peritoneal e pré-diálise, uma importante conquista para Patos de Minas e toda macrorregião de saúde.

“Estamos travando essa demanda há 7 meses e conseguimos mais uma conquista, essa ação vai salvar vidas e dar dignidade à população em tratamento de hemodiálise e atendimento dos diversos tipos de doenças renais.” Frisou a Deputada.

A Portaria 2.048/2021 foi publicada no Diário Oficial da União de 23 de agosto de 2021, e o financiamento dos atendimentos via SUS está assegurado pelo Fundo Nacional de Saúde, que fará a transferência dos  recursos financeiros ao Fundo Municipal de Saúde de Patos de Minas, mediante os serviços prestados.

A habilitação contempla o atendimento para pacientes de todo Pólo Noroeste de Saúde, beneficiando 33 municípios da região e alcançando uma população estimada em mais de 700 mil habitantes, portanto, além de Patos de Minas, serão beneficiados pacientes de Arapuá, Arinos, Bonfinópolis de Minas, Brasilândia de Minas, Buritis, Cabeceira Grande, Carmo do Paranaíba, Chapada Gaúcha, Cruzeiro da Fortaleza, Dom Bosco, Formoso, Guarda-Mor, Guimarânia, João Pinheiro, Lagamar, Lagoa Formosa, Lagoa Grande, Matutina, Natalândia, Paracatu, Presidente Olegário, Riachinho, Rio Paranaíba, Santa Rosa da Serra, São Gonçalo do Abaeté, São Gotardo, Serra do Salitre, Tiros, Unaí, Uruana de Minas, Varjão de Minas, Vazante.

A Clínica havia ingressado com uma ação civil pública com pedido de tutela devido ao atraso de repasse, que também contribuiu para o embasamento para a habilitação.

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
A responsabilidade pelo comentário é totalmente do respectivo autor. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos serão removidos automaticamente. Achou um comentário ofensivo? Clique em "denunciar".

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.