Cidadão cai em golpe telefônico e fica no prejuízo em São Gotardo; confira dicas de segurança

A vítima depositou 800,00 reais na conta do estelionatário. Um boletim de ocorrência foi registrado, porém é difícil identificar a origem da ligação.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Os golpes telefônicos tem se tornado frequentes em nossa região. Nesta sexta-feira (20/04), mais um caso foi registrado, desta vez na cidade de São Gotardo. De acordo com a Polícia Militar, um homem de 36 anos recebeu uma ligação que informava sobre um prêmio em dinheiro.

Do outro lado da linha estava um indivíduo que se identificou como funcionário da operadora Vivo. Ele convenceu a vítima da premiação e solicitou que fosse depositado o valor de 800,00 reais que seria uma espécie de seguro para a conclusão da transação.

Iludido, o homem tratou de efetuar o deposito e aguardou o contato do funcionário, porém isso não aconteceu. Ao tentar retornar a ligação foi surpreendido, pois ninguém atendia. Ele procurou a polícia e registrou um boletim de ocorrência.

Esse tipo de golpe acontece diariamente no país e normalmente é praticado por penitenciários que acabam tendo acesso a aparelhos celulares. Confiram algumas dicas para se manter seguro e não cair no papo dos estelionatários.

1) Instale identificador de chamadas nas linhas fixa e celular

Assim, antes de atender uma ligação, você ficará sabendo se a pessoa que está ligando é conhecida ou desconhecida.

2) Não acredite em prêmios surpresas

Você conhece alguém que ganhou prêmios pelo telefone ou internet? Tenho certeza que não. A ganância e a vontade de obter lucro fácil já levaram milhares de vítimas às delegacias de polícia.

3) Não acredite em recadastramento por telefone

Instituições bancárias, INSS, poder judiciário, operadoras de cartões de crédito, etc., não fazem recadastramento por telefone. Jamais acredite em pessoas que desejam saber suas informações pessoais através de uma simples ligação telefônica.

4) Não forneça informações pessoais em hipótese alguma

Lembre-se que se trata de pessoa desconhecida, que deseja obter seus dados qualificativos, bancários e senhas por telefone. Marginais, em posse dessas informações, podem abrir conta em banco, solicitar cartões magnéticos e até cometer crimes em seu nome.

5) Cuidado para agendar visita em sua residência

Sempre confirme com a central de atendimento das empresas a veracidade da ligação que recebeu, para evitar que ladrões entrem em sua casa, com seu consentimento.

6) Rejeite o pedido de digitar teclas em seu aparelho telefônico

Oriente todos os moradores da sua casa a não fornecer dados pessoais, informações sobre a linha telefônica ou código de segurança por telefone. Em caso de dúvidas sobre a autenticidade da ligação, desligue e contate o atendimento da empresa.

7) Não informe número telefônico e nome ao receber uma ligação

Lembre-se que a obrigação de identificação é de quem ligou e não sua. Imagine alguém tocando a campainha de sua casa e quando você abre a porta o estranho pergunta: “Por favor, gostaria de saber seu nome completo e o número telefônico residencial”.

8) Atenda a ligação com rapidez e objetividade

Da mesma maneira como ensinamos nossos filhos a não esticar conversas com estranhos na rua, devemos ter a mesma atitude ao atender chamadas telefônicas, principalmente com desconhecidos. Não entre no papo de pessoas com voz mansa e comportada. Diga que está com pressa e peça um telefone para contato posterior. Não esqueça de conferir o telefone fornecido com o número que aparece no identificador de chamadas.

Triângulo Notícias – Com dicas de segurança de Ione Pinheiro

 

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS