Todos contra as Drogas: Projeto Restaurando Vidas premia melhor redação em Patrocínio

O texto da aluna vencedora relata a origem, as consequências e as possíveis soluções para a dependência química. O presidente do projeto, Pastor Regis, disse que continuará a promover ações de conscientização.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Foto: Divulgação

O tráfico e o consumo de drogas tem sido o principal motivo de mortes violentas ocorridas no Brasil. Em Patrocínio, dezenas de pessoas já foram mortas nos últimos cinco anos devido ao envolvimento com esse crime. Para acabar com essa triste estatística, o pastor Regis e voluntários iniciaram o Projeto Restaurando Vidas, que visa a retirada de crianças, adolescentes e adultos deste mundo sombrio e perigoso. Vários ministérios religiosos apoiam a causa que já soma resultados positivos.

Várias ações são desenvolvidas, desde palestras a concursos culturais que objetivam despertar a consciência e assim levar o indivíduo a refletir dos malefícios que os entorpecentes podem trazer para sua vida e para seus familiares e amigos.

- Continua depois da publicidade -

Há pouco mais de um mês foi lançado um concurso cultural para que alunos de escolas públicas redigissem uma redação com o seguinte tema “Todos Contra Drogas”. O projeto conseguiu o apoio do Patrocínio Tênis Clube (PTC), que concedeu como premiação um dia de lazer para um grupo de alunos e a Eletrosom que disponibilizou a premiação para o primeiro lugar, uma linda bicicleta. Além disso, a varejista providenciou as medalhas.

Os professores trabalharam a temática dentro de sala de aula o que propiciou um momento de conscientização. Enquanto as crianças e adolescentes escrivam as redações, elas apreendiam uma importante lição, “dizer não as drogas”.

O resultado foi divulgado durante uma cerimônia ocorrida na última quarta-feira (20/06) em Patrocínio. Estiveram presentes o presidente do Projeto Restaurando Vidas, Pastor Regis, o Tenente Hélder do PROERD da Polícia Militar, o gerente da Eletrosom, o presidente do PTC, Fábio Mozelli e toda a comunidade.

A grande vencedora do concurso foi Rayka Sabino de 12 anos, aluna do 6º ano da E. E. Professora Ormy Araújo Amaral, localizada no Bairro Nações. Ela levou pra casa uma linda bicicleta e seus colegas de sala aproveitarão um dia de lazer no PTC. Leia abaixo o texto que foi premiado:

As drogas são um sério problema de saúde pública do mundo, o número de adolescentes usuários de drogas está aumentando cada vez mais. O problema é crescente e atual, pois as mesmas, sendo ilícitas ou não, causam dependência química que afeta toda a estrutura do indivíduo, seja ela familiar, social e física. A dependência química pode levar o jovem a matar roubar, e até mesmo a cometer suicídio, destruindo famílias e aumentando os índices de violência.

Os motivos que vem provando essa aumento são variáveis: elevação da marginalização; problemas sociais; curiosidade e influência de “amigos”, acesso fácil as substância e o interesse pelas substâncias.

Como a juventude é a fase marcada pelo autoconhecimento, pelos conflitos de pensamento e pelas incertezas acreditas que através delas superarão s dificuldades e conseguirão atrair a atenção dos pais.

Consumir drogas já se tornou normal e consumir para muitas pessoas. A grande maioria não tem coragem em dizer que consome ou já consumiu tais substâncias. Além disso, as drogas podem ser encontradas em qualquer local.

O crescimento no número de dependentes está fortemente associado ao aumento da violência. Essas pessoas necessitam de apoio, somente assim esses problemas serão solucionados ou ao menos amenizados. Porém esse apoio, na maioria das vezes não é dado e alguns usuários são dados como vagabundos, bandidos e discriminados, o que piora ainda mais a situação, pois a droga será vista meramente como solução. Enfim, para chegar a uma sociedade melhor uma mudança de atitude e pensamento é necessária. Não há solução mágica para conter o avanço dessas substâncias no país. O uso de drogas na adolescência é um fato que vem ocorrendo a muito tempo.

Rayka Ryolli da Silva Sabino

Por fim, o Pastor Regis, agradeceu a todo o apoio recebido durante o concurso e ressaltou que a luta continua. “Acredito que o objetivo foi alcançado, fazer os jovens refletirem através das redações sobre  a importância de não fazer o uso de drogas, vamos todos juntos investir um pouco do seu tempo para ajudar a formar uma juventude cada vez melhor”.

 

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -