Suspeitos de furtos de aparelhos de TV são presos pela Polícia Militar em Lagoa Formosa

Um receptador também foi preso.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

A Polícia Militar de Lagoa Formosa recuperou dois televisores que haviam sido furtados em residências da cidade. Os crimes ocorreram durante a madrugada e início da manhã desta segunda-feira (10/08), sendo praticados por autores diferentes, ou seja, as ações delituosas não tem relação uma com a outra. Um deles foi realizado por um autor da cidade de Patos de Minas. Já no outro, o suspeito é de Lagoa Formosa, sendo que ele agiu juntamente com um comparsa. Eles foram enviados para a delegacia. Um receptador também foi preso.

- Continua depois da publicidade -

De acordo com os boletins de ocorrência, a primeira prisão ocorreu na Rua Olímpio Pica Pau, no Bairro Bairro Nossa Senhora do Rosário, quando o suspeito Edson Carvalho Pereira (favela), 36 anos, foi abordado pelos militares. Ele agia em atitude suspeita pelas ruas da cidade e em conversa com os policiais, confessou que tinha invadido uma residência e furtado uma TV marca SONY. Ele ainda contou o local que havia escondido o aparelho. Os militares foram até um matagal e recuperaram a tv que foi encaminhada para a delegacia de polícia para ser devolvida ao proprietário.

Já o segundo furto desta segunda (10) foi praticado pelo próprio neto da vítima, que é usuário de drogas. O autor Mateus Filipe teria aproveitado que a moradora não estava no imóvel, para arrombar a porta da residência. Em seguida, ele furtou uma tv 29’ e um aparelho celular SMARTPHONE SANSUNG. Durante rastreamentos, o rapaz foi localizado em companhia de John Paulo de Magalhães, que participou do delito. Eles estavam em uma casa abandonada, no Bairro Nossa Senhora do Rosário. Em conversa com os militares os autores confessaram o crime.

Sobre a tv, os suspeitos contaram que tinha negociado o aparelho com o receptador Elvis de Assis da Cruz, que teria pagado 150 reais no produto. Ele foi localizado e levou os policiais até o local que ela estava escondida, uma casa no Bairro Novo Horizonte. Já sobre o celular Matheus contou que tinha negociado a mercadoria por 100 reais com um desconhecido. Ele ainda falou que todo dinheiro adquirido com a venda dos produtos tinha usado para comprar drogas.

Diante dos fotos, os acusados e o receptador foram levados para a delegacia de polícia, na cidade de Patos de Minas, sendo entregues ao delegado de plantão.

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -