Suínos e frangos: rações elevam custo de produção

Compartilhe

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Os custos mensais de produção de suínos e de frangos de corte subiram 7,28% e 4,71%, respectivamente, no mês de março em relação a fevereiro, aponta a Embrapa.

Os aumentos foram devidos, principalmente, às variações na nutrição animal. Os gastos com as rações subiram 7,11% em relação a fevereiro no caso dos suínos e 4,64% para as aves. No ano, a inflação apenas da nutrição já acumula 10,83% e 8,69%, respectivamente.  

O indicador da Embrapa para o suíno aumenta desde julho de 2017, quando marcou 180,78 pontos. Apenas em 2018, o índice já subiu 11,1%. Já os números do frango também crescem sucessivamente desde agosto de 2017, quando marcava 173,91 pontos, e já acumulam eleveção de 9,75% em 2018.

Com o aumento nos índices o custo de produção do quilo de suíno vivo em ciclo completo em Santa Catarina passou de R$ 3,63 em fevereiro para R$ 3,89 em março. Já o custo de produção de frango de corte no Paraná, calculado a partir dos resultados de custos de produção para aviário tipo climatizado em pressão positiva, passou de R$ 2,58 para R$ 2,70 por quilo vivo em março. Ambos estados são usados como referência por serem os maiores produtores nacionais.


Clique aqui para ler essa matéria em sua fonte original.


FONTE: Canal Rural

🔔 ATIVAR NOTIFICAÇÕES

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Os comentários não representam a opinião do Patos Notícias. A responsabilidade pelos comentários é dos respectivos autores.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.