Rio de Janeiro confirma dois casos de sarampo

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Dois pacientes do Rio de Janeiro tiveram diagnóstico de sarampo confirmados pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), laboratório de referência do Ministério da Saúde. A informação foi divulgada hoje (9) pela Secretaria Estadual de Saúde.

Os dois casos confirmados são alunos da Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) , onde, até o final da semana passada, havia 13 casos suspeitos de sarampo. Esses estudantes participaram de um encontro com jovens de vários estados brasileiros na cidade de Petrópolis, na região serrana fluminense.

- Continua depois da publicidade -

 

Rio de Janeiro - Rio Imagem abre posto de vacinação contra a febre amarela, no centro do Rio, com funcionamento das 7 às 22h. (Tomaz Silva/Agência Brasil)

A proteção contra o sarampo faz parte das vacinas Tríplice Viral e Tetra Viral, disponíveis conforme calendário de vacinação do Ministério da Saúde – Tomaz Silva/Agência Brasil 

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, as autoridades sanitárias da cidade do Rio ralizaram uma vacinação de bloqueio no dia 3 de julho, na Faculdade de Direito, localizada no centro da capital fluminense.

A Secretaria de Saúde ressaltou que a proteção contra o sarampo faz parte das vacinas Tríplice Viral e Tetra Viral, disponíveis conforme calendário de vacinação do Ministério da Saúde para crianças entre 12 e 15 meses. A cobertura vacinal contra a doença para crianças de 1 ano no estado é 95% . Devem ser vacinadas as crianças de até um ano e adultos de até 49 anos que não tenham sido imunizados. Aqueles que tomaram as duas doses da vacina não precisam tomar nova dose.

Fonte: Agência Brasil


Clique aqui para ler essa matéria na fonte original


 

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -