Quase meio milhão de reais e grande quantidade de drogas são apreendidas pela PRF na BR 365

Em duas ocorrências diferentes, suspeitos são presos em flagrante transportando material ilegal, drogas e dinheiro de origem duvidosa.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) apreendeu ontem (24), em Patos de Minas, 48 kg de cocaína e prendeu condutor por tráfico de drogas e adulteração de elementos identificadores de veículo automotor.

- Continua depois da publicidade -

Durante operação “OCC – Égide Corredores” na BR-365 foi dada ordem de parada ao veículo FIAT/STRADA WORKING. Na abordagem, foram localizados, num compartimento oculto do veículo, 48 (quarenta e oito) tabletes de substância análoga à pasta base de cocaína.

O condutor admitiu que pegara a droga na cidade de Capinópolis/MG, mas não informou o local de entrega. O veículo apresentava sinais de adulteração nos elementos identificadores.

Diante do fato, foi dado voz de prisão ao condutor, por tráfico de drogas, adulteração nos elementos identificadores de veículo automotor. Ocorrência encaminhada para a delegacia de polícia civil da cidade de Patos de Minas.

Na mesma noite, cerca de 427 mil reais foram apreendidos na BR-365.   Na ação, foi abordado o veículo FIAT/STRADA WORKING, conduzido por F. H.M., 23 anos.

Durante a abordagem, o cão farejador K-9 “Glock” indicou a presença de drogas em compartimento oculto. Entretanto, ao vistoriarem o local, os agentes da PRF localizaram onze volumes, com várias cédulas de dinheiro em espécie, totalizando R$ 427.000,00 (quatrocentos e vinte e seis mil e quinhentos reais), com fortes indícios de ser oriundo do tráfico de drogas.

A ocorrência foi encaminhada à delegacia da polícia civil de Patos de Minas.

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -