Pronatec Sedectes capacita mais 26 alunos da Penitenciária Nelson Hungria

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Mais uma turma do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec Sedectes) concluiu o curso de Gestor de Micro e Pequena em Empresa. Desta vez, 26 alunos da Penitenciária Nelson Hungria pegaram o diploma durante a formatura que aconteceu na última quinta-feira (11), no complexo penitenciário, em Contagem, no Território Metropolitano.

Os participantes compõem os 1.400 alunos que serão beneficiados pelo Programa do Governo de Minas Gerais, realizado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sedectes), em parceria com a Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap).

- Continua depois da publicidade -

Os cursos são ministrados nas escolas dos complexos penitenciários nos turnos da manhã e da tarde, com quatro horas de duração, quatro vezes por semana. Após três meses, os alunos recebem formação profissional qualificada em  Agente de Combate às Endemias, Gestor de Micro e Pequena Empresa, Operador de Caixa, Vendedor e Assistente Administrativo.

Representando o secretário da Sedectes, Miguel Corrêa, na cerimônia de entregas dos certificados, o coordenador-adjunto do Pronatec, Euler Darlan, garantiu que cursos como o do Pronatec Sedectes são a melhor forma de ressocializar os detentos.

“No mercado de trabalho, somos contratados pelo nosso currículo e é por este motivo que apostamos no empenho de vocês para conquistarem seus espaços como gestores de micro empresas ao saírem daqui”, disse Euler aos alunos, que estavam acompanhados de familiares e amigos, na cerimônia dessa quinta-feira (11/1).

Na próxima semana, acontecerão as formaturas dos alunos da Penitenciária Dutra Ladeira, em Ribeirão das Neves, no dia 18/1, e da Apac de Santa Luzia, no dia 19/1.  Além das penitenciárias, estão previstas as formaturas nas cidades de Durandé (15/1), Carangola (16/1), Visconde do Rio Branco (17/1) e Ponte Nova (18/1).


Problemas em visualizar essa matéria? Clique aqui e confira a íntegra.


Fonte: AGÊNCIA MINAS

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -