Projeto de coleta seletiva é lançado no Ceasa Regional de Patos de Minas

Está em andamento um processo de compostagem, e o composto orgânico será destinado a produtores rurais, hortas comunitárias e pomares domésticos
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

A Central de Abastecimento de Patos de Minas, vinculada à Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Sustentável, iniciou o projeto Coleta Seletiva na última quarta-feira (29). O objetivo é treinar e orientar os servidores/colaboradores a separar adequadamente o lixo proveniente dos dias de feira na Ceasa. O projeto-piloto começará no Mercado Livre do Produtor (MLP) e em seu entorno, local onde o produtor rural expõe suas mercadorias.

O projeto envolve todo o processo, da separação à destinação do lixo, sendo que os servidores irão separá-lo diariamente. Atualmente os resíduos são levados ao aterro sanitário, e a ideia é reverter esse quadro. “Serão instalados em torno do MLP diversos ecopontos, compostos por três coletores: um para resíduos não recicláveis, o lixo úmido, e os outros dois para recicláveis, lixo seco”, explica o secretário de Agricultura, Fernando Porto.

Segundo o titular da pasta, estima-se que aproximadamente 60% a 70% do lixo acumulado na Central de Abastecimento seja orgânico. “Isso significa que mais da metade do lixo encontrado na Ceasa pode ser reaproveitado. Nesse quesito, a chamada compostagem, ou seja, a reciclagem de sobras de alimentos, cascas de frutas e legumes tem papel fundamental. Todos deveriam empreender melhor esse tipo de trabalho de coleta de lixo. Muita coisa pode ser reaproveitada.”

A coordenadora da Ceasa Regional, Cristiane Londe, ressalta que está em andamento um processo de compostagem. “A ideia é fazermos compostagem com o lixo úmido, galhos e gramas provenientes das podas. O espaço está sendo adequado, seguindo todas as normativas ambientais. O resultado final, o composto orgânico, será destinado a produtores rurais, hortas comunitárias e pomares domésticos.”

A Ceasa treinará seus colaboradores, e eles vão incentivar os usuários e esclarecer dúvidas. Também serão realizadas palestras com foco na questão ambiental. O objetivo é reforçar, por exemplo, que a destinação incorreta do lixo contribui para a existência de pragas urbanas, provoca inundações e reduz a vida útil dos aterros sanitários, e que a coleta seletiva pode acabar com esses problemas.

PARA QUE SERVE O ECOPONTO? 
Para depositar os materiais reservados para a reciclagem e separá-los dos materiais não recicláveis.

O QUE JOGAR EM CADA COLETOR?
Lixo seco: papéis (jornal, envelope, papelão, embalagem longa vida, catálogo telefônico etc.) e plásticos (cano, sacola, copo plástico limpo, balde etc.).

Lixo úmido: materiais orgânicos (restos de alimentos que não podem ser doados) e rejeitos (guardanapo usado, papel engordurado, guimba de cigarro, copo descartável usado, adesivo, papel higiênico, fita crepe, fotografia, papel carbono, clips, esponja de aço, acrílico etc.).

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. A responsabilidade dos comentários é integralmente de seus autores. Comentários que são considerados como spam ou ofensivos devem ser denunciados diretamente ao Facebook. O Patos Notícias se reserva ao direito de remover postagens que violem seus termos de uso ou as leis vigentes sem prévia notificação. 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.