Para se adequar ao novo normal, boate vira bar em Patos de Minas

A iniciativa é para atender ao público durante a pandemia. Todos os protocolos de saúde são seguidos pela empresa.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

A boate Queen Lounge se reinventou e abriu nessa sexta-feira (17/10) em formato de bar durante a pandemia do coronavírus. A primeira balada de Patos de Minas de LGBTQA+ reabriu as portas no novo formato para atender ao público. Inaugurada em setembro de 2019, a boate foi obrigada a fechar as portas em março deste ano por conta da Pandemia. O novo formato agradou ao público, que pedia bastante o retorno da casa.

Situada no antigo Restaurante Alecrim, na Rua General Osório 156, no Centro de Patos de Minas, a Queen Lounge foi inaugurada em setembro de 2019. Com lotação máxima de quase 200 pessoas, foram poucas as noites que a Queen Lounge passava vazia. O local era aberto de quinta a sábado, sempre com casa cheia.

Durante todo o tempo da pandemia, a boate esteve fechada. No início do mês, o local recebeu os candidatos a prefeito de Patos de Minas para uma serie de entrevistas do Programa Entrelinhas do Patos Notícias. A iniciativa fez levantar o pedido do público para reabrir a boate em forma de bar, atendendo a todos os protocolos exigidos pelo Programa Minas Consciente, do governo do Estado de Minas Gerais, além dos decretos da Prefeitura de Patos de Minas.

Além de ampla variedade de bebidas, a novidade na Queen Lounge é o cardápio de petisco. O sócio proprietário Eduardo Almeida esta é uma experiencia nova e levou um tempo para ser estudada, atendendo a todos os protocolos da vigilância sanitária.

Eduardo convida a todos para conhecer o bar e viver uma experiencia diferente. “Sendo LGBT ou não, aqui é um ambiente livre assim como nosso slogan ‘Experimente ser você!’. Aqui é um ambiente livre de preconceito, já que não aceitamos este tipo de atitude aqui. Aqui a gente pode ser quem a gente é de verdade”, finalizou.

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS