Mulher perde bolsa de mão e dois homens são presos por gastar mais de 11 mil reais no cartão

Os suspeitos compraram cama, geladeira, aparelho celulares, fogão, botijão de gás e até fizeram tratamento de dente com o dinheiro da vítima.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

A Polícia Militar prendeu dois homens de 38 e 35 anos pelo crime de estelionato. A prisão aconteceu na tarde desta quarta-feira (06/08) dentro de uma loja na Rua Caetés, no Bairro Caramuru. A vítima teria perdido a bolsa com documentos e cartões. Ao tentar descobrir quem realizava as compras, a jovem deparou com os suspeitos chegando na loja.

Segundo informações do boletim de ocorrência, a jovem de 21 anos havia perdido uma bolsa de mão contendo documentos, cartões e senhas no dia 02 de agosto. Nesta quarta-feira (06/08) a jovem precisou dos documentos para realizar uma consulta médica, momento que notou a perda. A mulher foi até a agência da Caixa Econômica Federal para realizar o bloqueio do cartão, momento que foi informada sobre alguns débitos realizados com o cartão, totalizando R$ 11.970,00, extraídos da conta poupança.

A vítima então procurou uma loja onde alguém havia realizado uma compra no valor de quase dois mil reais. Enquanto estava no comércio, dois homens de 38 e 35 anos chegaram ao local, sendo a jovem informada que se tratava dos suspeitos que teriam realizado a compra. A Polícia Militar foi acionada e a dupla foi detida, sendo ambos usuários de drogas e já conhecidos no meio policial. Durante a abordagem, os policiais apreenderam dois aparelhos celulares que teriam sido recém adquiridos pela dupla.

Os militares realizaram diligências e foram até a residência dos suspeitos. No local eles apreenderam um ventilador, uma geladeira, uma cama box, um fogão, um botijão de gás e sete latas de cerveja, todo este material adquirido com o cartão de débito da poupança da jovem. Ainda foi realizado o tratamento dentário no suspeito de 38 anos, no valor de R$ 3.670,00, porém o procedimento não foi concluído.

Os estelionatários também realizaram compras de alimentos no valor de quase dois mil reais. Eles também sacaram mais de quatro mil reais da conta, que foram usados para comprar drogas. Ainda de acordo com o boletim de ocorrência, os suspeitos não informaram onde adquiriram as drogas.

Diante do flagrante, os suspeitos foram levados para a Delegacia de Polícia Civil de Patos de Minas. A jovem foi orientada e alguns comerciantes se comprometeram a estornar o dinheiro, pegando os produtos de volta.

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS