Jovem confessa assassinato, debocha da situação e diz que ‘mataria de novo’

A vítima, uma mulher de 31 anos, foi encontrada morta nesta terça-feira (25/09). Dois suspeitos foram presos e um apreendido.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
O corpo estava dentro de uma residência na Rua do Acre no Bairro Santa Terezinha.
Foto: Portal Patos Hoje

A manhã em Patos de Minas foi marcada pelo sangue com o registro do 18º homicídio. Uma mulher de 31 anos foi encontrada morta no interior de uma residência abandonada localizada no Bairro Santa Terezinha.

De acordo com informações da Polícia Militar, a vítima estava caída ao solo, sem vida e com várias perfurações oriundas de objeto cortante. A perícia técnica da Polícia Civil foi imediatamente acionada e procedeu com a análise da cena do crime com o objetivo de encontrar evidências que apontassem para a autoria do assassinato.

- Continua depois da publicidade -

Enquanto isso, os militares iniciaram as diligências, verificando as câmeras de seguranças de comércios e residências próximas. Instantes depois um menor de idade foi abordado por uma guarnição nas proximidades do terminal rodoviário. Esse sujeito apresentava nervosismo e suas roupas estavam sujas de sangue, o que fez os PMs desconfiarem que esse rapaz estaria envolvido no homicídio.

Em diálogo com os policiais, ele confessou a autoria, foi apreendido e encaminhado para a delegacia de polícia localizado no Bairro da Várzea.

Na continuidade dos fatos, um segundo envolvido, que também teria participado da execução, foi localizado na orla da Lagoa Grande. A namorada dele, de 21 anos, também foi presa e disse que levou duas facas para o companheiro, levando a crer que tudo havia sido previamente premeditado.

Os envolvidos indicaram o local onde estavam escondidas as duas facas usadas no crime. Uma delas estava amassada e a outra quebrou-se, provavelmente devido a violência dos golpes no corpo da vítima.

Na delegacia o suspeito de 20 anos conversou com repórteres e demostrou frieza. Em nenhum momento ele se disse arrependido pelo ato.

Eu matei mesmo[…] se precisar eu mato de novo[…] deveria ter dado é na cara dela[…] tô demais feliz.

A gente ia decepar a cabeça dela, cortar a garganta[…] faltou tempo […] a gente faz planos[…] mas não dá certo.

Palavras ditas pelo suspeito à imprensa

Assista abaixo ao vídeo vinculado no Portal Patos Hoje:

Reproduzido do YouTube

Questionado sobre a motivação o jovem disse que a vítima teria furtado uma bicicleta dele. Ele ainda disse, em entrevista aos órgãos de imprensa, que agiu em sua defesa.

Um inquérito será instaurado para apurar todas as circunstâncias do ocorrido. Os trabalhos serão procedidos pelo delegado de crimes contra a pessoa, Dr. Érico Rodovalho. O jovem de 20 anos poderá ser indiciado por feminicídio conforme prevê a Lei 13.104.

Texto: Lélis F. Souza (TN) – Com Informações da Polícia Militar e do Patos Hoje

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -