Farol Incubadora realiza 1ª edição do Submarino

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Foto: Divulgação, 

A Farol Incubadora do Centro Universitário de Patos de Minas (UNIPAM) promoveu no dia 1º de março, no auditório do bloco E, a primeira edição de seu novo programa de empreendedorismo, o Submarino.

O programa tem como objetivo fortalecer a Trilha de Tecnologia, Empreendedorismo e Inovação Aplicados (TTEIA).

- Continua depois da publicidade -

Na oportunidade estiveram presentes cerca de 200 alunos dos cursos de Administração, Arquitetura e Urbanismo, Comunicação Social – Jornalismo, Comunicação Social – Publicidade e Propaganda, Ciências Biológicas, Educação Física, Engenharia Civil, Engenharia Elétrica e História.

O empresário graduado Hermerson Ramos, CEO das empresas noGlobo.com e Thandera foi o responsável por ministrar a palestra. Na ocasião, ele abordou os temas empreendedorismo, gestão de empresas e persistência nos objetivos.

O programa ainda possibilitou que os participantes sugerissem por meio de uma ficha, suas ideias de negócios, que serão analisadas pela equipe da Farol Incubadora. Os autores das ideias que tiverem maior viabilidade serão convidados a modelá-la para que possam participar do Prêmio UNIPAM de Empreendedorismo, ou processos de pré-aceleração e de incubação.

Segundo o aluno de Publicidade e Propaganda, Vinícius Araújo Cunha, as cápsulas de conhecimento proporcionadas pelo projeto empreendedor do Submarino, ampliam a concepção acerca do universo mercadológico e inovador.

A próxima edição do Submarino acontecerá no dia 31 de março, no Centro de Empreendedorismo e Aceleração de Negócios (oCEANo).

Para mais informações acesse as redes sociais da Farol Incubadora, pelos links:

Facebook – https://www.facebook.com/farolincubadora/.

Instagram – https://www.instagram.com/farolincubadora/.

Fonte: ASCOM UNIPAM

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -