Evento com Eduardo Bolsonaro discutirá liberdade de expressão em Patos de Minas

O deputado federal Cabo Júnio Amaral, e os vereadores José Luiz e Cristiano Caporezzo também participarão.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Eduardo Bolsonaro em Patos de Minas
Foto: Divulgação

Patos de Minas vai sediar mais um evento conservador. O “Libertà” discutirá a luta pela liberdade de expressão e as recentes decisões do judiciário em torno do assunto.

São quatro palestrantes confirmados: os deputados federais, Cabo Júnio Amaral e Eduardo Bolsonaro e os vereadores, José Luiz (Patos de Minas) e Cristiano Caporezzo.

O evento está marcado para 30 de junho (quinta-feira), às 19h30, no salão da DB, situado na Av. Juscelino Kubitscheck de Oliveira, 2094 – Patos de Minas, MG.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo Sympla (clique aqui).

Um dos organizadores, o empresário Vinícius Gontijo, conversou com a reportagem do Patos Notícias. Questionado, ele ressaltou a importância de se discutir a luta pela liberdade de expressão em Patos de Minas e citou “perseguições com viés político vindo do judiciário”.

O objetivo do evento é trazer para Patos de Minas um tema já amplamente discutido à nível nacional, a luta pela liberdade. É de conhecimento da população as perseguições com viés político vindo do judiciário brasileiro, e isso deve ser tratado de forma séria e madura pela sociedade para que não cometamos os mesmos erros de outros países que perderam direitos e garantias individuais e hoje lutam para recuperá-los.

Segundo Vinícius Gontijo o evento é aberto para todos os interessados pelo assunto, independente da orientação política, seja ela de esquerda, de direita ou de centro. Ele também citou e criticou a política do lockdown adotada durante a pandemia da COVID-19.

Atravessamos dois anos de uma pandemia marcada não só por mortes, mas também por sucessivos atropelos constitucionais vindo de governadores e prefeitos, inclusive vindo do executivo municipal patense, colocando na lata de lixo artigos importantes da Constituição Federal que assegurava, até então, o direito fundamental ao trabalho, assim como a liberdade de expressão.

Médicos sendo perseguidos pelo Ministério Público por tratar seus pacientes com medicamentos A ou B, eliminando a autonomia médica e do paciente.

Além de outras várias barbaridades como prisão arbitrária de mulheres em praça pública como o fatídico caso em Araraquara. Comércios sendo fechados e empregos destruídos no agora comprovadamente fraudulento: “Fique em Casa” que gerou além de desemprego, a inflação que está sendo sentida no bolso de cada trabalhador brasileiro.

Falaremos também do apoio da mídia à perseguição a qualquer opinião divergente ao politicamente correto estabelecido durante a pandemia.

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

6 Comentários
O mais novo
Mais antigo mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Paulo Costa
09/06/2022 21:33

Pessoas criticam os preços, a inflação como se fosse culpa do governo, como se o presidente tivesse feito lockdown e como se a alta nos preços fosse só no Brasil. Acorda povo!

Paulo Costa
09/06/2022 21:30

Parabéns aos organizadores! Só não vê o que está acontecendo quem não quer.

Gregorio
09/06/2022 20:53

Um evento para “pessoas de bem”! Bem corruptas, bem criminosas, bem elitizadas, bem escrotas, bem alienadas, bem sem noção… Vergonha da cidade sediar um evento desse e das pessoas participarem.

baltazar
07/06/2022 13:02

Os pobres morrendo de fome, a inflação e o preço dos combustíveis lá no alto e esse povo preocupado com liberdade de expressão, voto impresso e atacar o STF.

Leandro
07/06/2022 09:20

Sei qual a liberdade de expressão da quadrilia.

Israel costa
07/06/2022 07:25

Que vergonha

A responsabilidade pelos comentários é dos respectivos autores. Eles não representam a opinião do Patos Notícias. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos são removidos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAR ERRO

Usamos cookies para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências.  Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.