Empresário é sequestrado, agredido e roubado em Patos de Minas

A vítima foi libertada na R. Rui Barbosa. Ninguém foi preso até o momento.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Foto: Toninho Cury (Rádio Clube 98/Clube Notícia)

Um empresário de 64 anos que atua no ramo de revenda de veículos automotores foi sequestrado na manhã desta quarta-feira (19/09) em Patos de Minas.

De acordo com informações da Rádio Clube 98 e do Portal Clube Notícia, a vítima foi colocada dentro de um carro, amordaçada e levada pelos criminosos. Sob ameaça, o homem passou por momentos de terror e chegou a ser agredido.

- Continua depois da publicidade -

Ele foi libertado minutos depois na Rua Ruí Barbosa. Ele apresentava um ferimento no braço e relatou que logo de manhã, alguém tocou o interfone da loja e depois foi embora. Logo depois, seu telefone chamou e neste instante os bandidos invadiram o estabelecimento.

Os autores evadiram levando cerca de 30 mil reais em dinheiro. Rastreamentos foram iniciados imediatamente pela Polícia Militar. A reportagem do Triângulo Notícias entrou em contato com a corporação para saber se algum suspeito havia sido detido, porém até o momento não nos foi passada nenhuma informação a respeito.

A vítima, disse ainda, que já foi vítima de outros assaltos neste ano de 2018. A perícia técnica da Polícia Civil procedeu com os trabalhos técnicos. Os lacres, usados para amarra-lo, e as mordaças, foram apreendidas.

Confira o depoimento da vítima gravado pelo repórter Toninho Cury, que esteve no local:

A Polícia Militar busca por imagens de câmeras de segurança que possam ter registrado a ação dos criminosos. No local que a vítima foi libertada não havia nenhum dispositivo de monitoramento, o que dificulta os trabalhos.

Texto: Lélis F. Souza (Triângulo Notícias)
Fonte das Informações: Rádio Clube 98/Clube Notícia

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -