COPASA envia outra nota sobre tratamento do esgoto em Patos de Minas

A empresa estatal reafirma que trata 90% do esgoto da cidade, o que não condiz com imagens enviadas por internautas.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

A COPASA – Companhia de Saneamento de Minas Gerais encaminhou a redação do Patos Notícias/Triângulo Notícias uma nova nota onde reafirma que trata 90% do esgoto da cidade. O informe foi encaminhado para nossa redação através de e-mail.

Segue a nota na íntegra:

- Continua depois da publicidade -

“A Copasa esclarece que, pautada pela ética e respeito à população, trabalha desde 1973 com afinco para proporcionar excelência nos serviços de saneamento básico prestados em Patos de Minas.

A Companhia reafirma que trata 90% do esgoto produzido na cidade e que a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) opera em conformidade com as legislações vigentes. Atualmente a empresa realiza obras para que 100% do esgoto seja tratado.

A Copasa Informa, ainda, que tem realizado o mapeamento de todas as ligações irregulares, em diferentes pontos da cidade e que as equipes técnicas estão mobilizadas para eliminá-las.

A Copasa ressalta que está à disposição para atender os moradores e que solicitações referentes ao abastecimento ou esgotamento devem ser informadas por meio dos canais de relacionamento, pelo telefone 115, agência virtual, no site: http://www.copasa.com.br /Fale Conosco e também pelo aplicativo Copasa Digita. A partir dos registros dos clientes a Companhia irá solucionar as situações pontuais.”

O Patos Notícias/Triângulo Notícias mostrou nesta quarta-feira (06/08) uma matéria sobre o descarte de esgoto nas águas do Rio Paranaíba em Patos de Minas. As imagens foram captadas na última quinta-feira (30/08), mas após a divulgação da matéria que também foi produzida para as emissoras Band Triângulo e Band Minas, internautas voltaram enviar vídeos a nossa redação mostrando que o esgoto continua a ser jogado nas águas do Rio Paranaíba. Com a nota na íntegra, pedimos para que o leitor tome as próprias conclusões sobre o serviço.

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -