Chico Frechiani sugere a cassação do prefeito José Eustáquio

Prefeito não quis se pronunciar. Vereador ainda não respondeu nossos contatos.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Francisco Frechiani e José Eustáquio são do mesmo partido
Foto: Arquivo (Patos Notícias)

Durante a última reunião ordinária da Câmara Municipal, o vereador Francisco Carlos Frechiani pediu a cassação do mandato do prefeito José Eustáquio. O parlamentar disse que o Chefe do Executivo Municipal debocha da Comissão Parlamentar de Inquérito, ao manter o secretário de planejamento no cargo. A CPI concluiu que Júlio César de Castro Fonseca cometeu improbidade e sugeriu o afastamento imediato. O Prefeito não respondeu ao pedido. Chico e Zé são do mesmo partido, o Democratas.

“Eu vou sugerir a comissão – e aí eu vou assinar juntamente com a comissão – entrar com um pedido de cassação do Prefeito. Porque nós elaboramos o relatório. E eu pergunto ao presidente da CPI, aos membros da CPI: qual foi satisfação que o prefeito deu em relação a recomendação de mandar o Júlio embora, além de chacota? Que providência ele deu? Nenhuma”, disse o vereador em plenário.

- Continua depois da publicidade -

Chico também demonstrou ceticismo com uma possível apuração do caso pelo Ministério Público. “Porque esperar que o Ministério Público pegue aquele relatório e tome alguma providência isso também não vai acontecer. O ano vai acabar, nós vamos embora, vai ser esquecido”, complementou o vereador.

O requerimento foi feito e será votado na próxima reunião da Casa. Entre os vereadores, o clima é de divisão. Muitos não acreditam que o requerimento seja aprovado e enxergam a manobra como um movimento político, para tentar forçar uma decisão do Prefeito.

O outro lado

Procurado pelo jornalista Lélis Félix, o Prefeito de Patos de Minas disse que, na condição de pré-candidato a reeleição, não comentará o caso. A equipe do Clube Notícia e do Patos Notícias também procurou a procurador geral do município, Jadir Souto, que ainda não respondeu as nossas mensagens. Chico também foi procurado, mas não retornou o contato, até o fechamento dessa reportagem.

Vídeo divulgado nas redes sociais

O recorte do trecho no qual o vereador fala do pedido de cassação do Prefeito José Eustáquio estava disponível nas redes sociais. Ele foi divulgado pelo advogado Elias Cota no canal dele no Youtube. A Câmara, por conta do período eleitoral, suspendeu as transmissões ao vivo das reuniões da casa, mas mantém arquivo de áudio, vídeo, fotos e atas dos trabalhos legislativos da casa. Este portal conferiu a autenticidade do conteúdo, não se tratando de montagem. Outros parlamentares confirmaram a declaração do vereador.

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -