Bolsonaro condecora militares israelenses que estiveram em Brumadinho

Militares foram homenageados com a medalha da Ordem Nacional do Cruzeiro do Sul.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Foto: Agência Brasil
Foto: Agência Brasil

No segundo dia de visita oficial à Israel, o presidente Jair Bolsonaro participou nesta segunda-feira (1º) da cerimônia de condecoração dos militares israelenses que ajudaram no resgate das vítimas da tragédia de Brumadinho, em Minas Gerais.

Os militares foram homenageados com a medalha da Ordem Nacional do Cruzeiro do Sul, a mais alta condecoração brasileira atribuída a cidadãos estrangeiros. Na ocasião, Bolsonaro agradeceu o trabalho prestado pelos israelenses e fez um discurso em que relatou ter feito um resgate a vítimas de um ônibus que caiu em um rio e provocou a morte de 15 pessoas, em 1985, no Rio de Janeiro.

No fim da tarde, após um almoço privado, o presidente brasileiro deve visitar o Santo Sepulcro, reconhecida pela comunidade católica como o lugar onde ocorreu a crucificação de Jesus Cristo. No fim da manhã desta segunda (1º), Bolsonaro esteve no Muro das Lamentações, lugar de peregrinação do judaísmo, ao lado do primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu.

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS