Bola é condenado por matar motorista

Julgamento durou dois dias e aconteceu no Fórum Lafayette na capital mineira.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O ex-policial, Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, foi condenado a 16 anos de prisão pela morte de um motorista. Além dele, o mandante do crime também sentou no banco dos réus.

A vítima estaria tendo um caso com a esposa do mandante, um comerciante. O crime aconteceu em 2009 em Belo Horizonte.

Marcos Aparecido também foi condenado por envolvimento na morte de Eliza Samúdio, ex-companheira do goleiro Bruno.

O advogado de Bola declarou que irá recorrer de sentença.

 

🔔 ATIVAR NOTIFICAÇÕES

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Os comentários não representam a opinião do Patos Notícias. A responsabilidade pelos comentários é dos respectivos autores.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.