Bandidos cortam a energia, amordaçam vítima e roubam mais de 6 mil reais em Patos de Minas

A vítima relatou que tinha terminado de assistir à uma partida de futebol pela televisão quando foi surpreendida pelos criminosos.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Os criminosos cortaram a energia da residência.
Foto: Reprodução (Ilustrativa)

Uma residencia localizada na Rua Alzino Martelo, Bairro Nova Floresta em Patos de Minas foi alvo de criminosos no início da madrugada desta quinta-feira (20/09). De acordo com informações apuradas junto a Polícia Militar, a vítima, um homem de 41 anos da idade, terminou de assistir à uma partida de futebol pela televisão e se preparava para ir dormir quando todas as luzes da casa se apagaram.

Ele notou que havia energia na rua e foi até o lado de fora do imóvel para verificar o que tinha acontecido. Neste instante, ele foi rendido por dois ladrões, um era alto, moreno e portava uma faca, e o outro alto e magro.

- Continua depois da publicidade -

A vítima foi ameaçada e amordaçada. Na continuidade dos atos, os bandidos começaram a revirar a residência em busca de bens de valor. Depois de algum tempo, uma segunda pessoa chegou, uma mulher de 33 anos, que também foi rendida e levada até os fundos do imóvel.

Essa segunda vítima e testemunha disse que permaneceu nos fundos por algum tempo, depois notou um certo silêncio e percebeu que os autores tinham evadido.

Quando chegou na sala encontrou o homem amordaçado. Após liberta-lo os dois notaram que alguns itens haviam sido subtraídos:

  • R$ 4200,00 (em espécie);
  • R$ 2500,00 (em cheques);
  • um televisor de 43 polegadas;
  • uma correntinha de ouro;
  • diversas chaves (incluindo de uma motocicleta).

Os policiais militares compareceu no local, ouviram os envolvidos e fizeram rastreamentos, contudo ninguém foi localizado. Um boletim de ocorrência foi registrado para providências futuras.

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -