Atos a favor e contra Jair Bolsonaro são registrados em Patos de Minas

No último final de semana de campanha eleitores foram as ruas. Os manifestantes se dividiram em grupos, aqueles que repudiam Bolsonaro e aqueles que o apoiam.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O candidato a presidente, Jair Bolsonaro, do Partido Social Liberal (PSL), recebeu alta após passar 22 dias internato. Ele foi vítima de um atentado na cidade de Juiz de Fora.

Em simultaneidade a alta do político vários protestos eclodiram pelo Brasil. Em todos os estados houveram atos favoráveis a Bolsonaro, bem como passeatas do movimento “Ele Não” que é contrario a eleição do militar.

- Continua depois da publicidade -
Ato contra o candidato Jair Bolsonaro.
Foto: Lívio Soares de Medeiro (Reprodução/Facebook)

Em Patos de Minas, no Triângulo Mineiro, a população também foi a rua para expressar sua opinião a respeito do presidenciável. No sábado (29), um grupo se reuniu na frente da praça do antigo fórum e seguiram em passeata pelas principais ruas da cidade. Os manifestantes gritavam palavras de ordem contra Jair Bolsonaro e o acusavam de racismo, homofobia e machista. O ato terminou no início da tarde e o número de participantes não foi informado pelos organizadores.

Concentração que antecedeu carreata em apoio à Jair Bolsonaro.
Foto: Reprodução (Rede Social/Facebook)

Neste domingo (30/09), várias pessoas se concentraram no galpão do produtor no Bairro Lagoa Grande e em seguida seguiram em carreata pelas principais ruas da cidade. A adesão crescia na medida que o ato ganhava os bairros. Músicas alucinava ao candidato, gritos e foguetes transparência o apoio dos eleitores.

Nenhum incidente foi registrado nestes atos que seguiram pacíficos. Esse foi o último domingo de campanha antes da votação em primeiro turno que acontece no dia 7 de outubro.

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -