Zema diz que não pagará o 13º ‘tão cedo’ e que doará seu salário

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Iepha anuncia retomada de obras no circuito cultural e articulacao com outras regioes do estado 1.jpg.750x450 q85 crop smart upscale
Foto: Gil Leonardi/Imprensa MG

O governador recém-empossado, Romeu Zema (NOVO), concedeu uma entrevista a Tv Globo Minas na manhã desta quarta-feira (02).

Questionado a respeito do pagamento do 13º salário dos servidores públicos, ele ressaltou que o repasse não ocorrerá ‘tão cedo’. Ainda declarou que o ex-governador, Fernando Pimentel, não deu abertura para sua equipe fazer um diagnóstico da situação econômica, porém sabe-se que a crise é sem precedentes.

A respeito do parcelamento dos salários, Zema esclareceu que o mecanismo continuará sendo aplicado por um bom tempo. E quanto as datas disse que demorá um pouco para que seja efetivado até o 5º dia útil.

Outra reivindicação é o pagamento da dívida com os municípios. Zema disse que trabalhará para normalizar os repasses. “Nós vamos ter de priorizar aquilo que é mais grave”, destacou.

Durante a campanha Romeu se comprometeu a não receber salário, porém foi informado que será obrigado por lei. Diante disso, afirmou que irá doa-lo para uma instituição beneficente.

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS