Vítima de Fake News, vendedor de Algodão Doce faz vídeo para provar que está vivo

Geraldo Magela usou da ironia para mostrar que está vivo, desmentindo postagens em redes sociais.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O vendedor de algodão doce, Geraldo Magela, fez um vídeo na tarde desta terça-feira (02/03) para desmentir que estaria morto, vítima de COVID-19. A informação foi divulgada nas redes sociais pela manhã e logo depois, o próprio vendedor divulgou o vídeo de forma bem humorada para desmentir a FakeNews.

“_Algodão Doce?” Quem nunca ouviu esta frase, seguida de três buzinadas nas ruas de Patos de Minas. O vendedor de algodão doce, Geraldo Magela, sempre percorreu as ruas da cidade de bicicleta, com seus produtos pendurados na garupa e debaixo de um guarda-sol. Sempre recebendo carinho de crianças e adultos que adquirem o algodão-doce. Geraldo se tornou ícone na cidade.

Geraldo faz uma cantoria, falando que está parado em casa assistindo TV. Ele mostra a casa dele e fala que logo que acontecer a vacinação, ele deve voltar às ruas para vender o algodão-doce.

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. A responsabilidade dos comentários é integralmente de seus autores. Comentários que são considerados como spam ou ofensivos devem ser denunciados diretamente ao Facebook. O Patos Notícias se reserva ao direito de remover postagens que violem seus termos de uso ou as leis vigentes sem prévia notificação. 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.