Vídeo: Enfermeiro que trabalhava no Hospital de Campanha morre por COVID-19

Prefeitura emitiu uma nota de pesar pelo falecimento do servidor público.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

A Prefeitura de Patos de Minas emitiu na tarde desta terça-feira (27/10) uma Nota de Pesar pela morte do servidor público Breno Nunes Caixeta, de 36 anos. A Assessoria de Comunicação informou que a morte do enfermeiro ocorreu no início da tarde.

Ainda de acordo com informações da Assessoria de Comunicação, houve rumores da morte de Breno na última sexta-feira (23/10), porém um exame ainda detectou atividade cerebral e ele permaneceu internado no CTI – Centro de Terapia Intensivo de um hospital particular de Patos de Minas.

Pela manhã, a morte cerebral do enfermeiro foi confirmada. O óbito ocorreu na parte da tarde, segundo informou a Assessoria de Comunicação de Prefeitura de Patos de Minas. Breno foi o primeiro servidor público de Patos de Minas que faleceu por complicações após ter contraído o COVID-19. Ainda nesta tarde, funcionários e o secretário municipal de saúde realizaram uma homenagem com balões na porta do Hospital de Campanha em Patos de Minas.

José Eustáquio lamentou o ocorrido e enviou a nossa equipe a seguinte mensagem: “Notícia desagradável. O Enfermeiro Breno, que trabalhava no hospital de campanha e Centro Covid- Upa faleceu por Covid. Breno e filho do Onaldo enfermeiro aposentado da Prefeitura.”

Breno Nunes deixa a esposa e dois filhos. A morte dele não foi contabilizada no boletim epidemiológico desta terça-feira. Ele também era preceptor de estágios no Curso de Enfermagem da FPM, a qual também emitiu uma nota de pesar.

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS