Vereador sugere CPI da ASPAA e presidente defende ONG

Mauri da JL disse que recebeu reclamações da população. Milila Barros afirmou que o trabalho na ASPAA é voluntário e por amor aos animais.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Foto: Luís César

O clima na Câmara de Vereadores de Patos de Minas esquentou durante a reunião da última quinta-feira (23/06). A presidente da Associação de Proteção Animal e Ambiental (ASPAA), Milila Barros, participou da Tribuna Livre. O vereador Mauri da JL (MDB) chegou a citar possíveis irregularidades e sugeriu a instauração de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI).

Em entrevista ao Patos Notícias, Mauri citou que recebeu reclamações da comunidade a respeito do serviço prestado pela ONG. Ele chegou a citar o caso de gato que teria sido submetido a um procedimento inadequado de castração.

Já Milila Barros defendeu o trabalho da ASPAA e afirmou que todos os membros  são voluntários, “amam os animais” e lutam diariamente para defender os direitos e combater os casos de maus-tratos. Questionada sobre a CPI disse: “Quem não deve não teme! A gente recebe dinheiro público e todas as informações estão no portal da transparência para quem quiser verificar”.

A ASPAA possui dois canis em Patos de Minas e atende cerca de 50 animais. O principal foco é castração de animais de rua. Mensalmente são cerca de 200 animais atendidos. A prefeitura repassa um auxílio de R$ 15 mil mensais para custear a castração. “O resultado tem sido positivo, inclusive não se vê tantas cadelas prenhas como antigamente” ressaltou Milila.

A ASPAA também receberá um recurso de R$ 182 mil através de emendas parlamentares dos vereadores Daniel Gomes (PDT), Vitor Porto (Cidadania), Vicente de Paula (União Brasil) e José Eustáquio (Podemos). Milila esclareceu que o dinheiro será usado para ampliar a castração, comprar equipamentos e ração, dentre outras benfeitorias.

VÍDEOS

Mauri da JL defende CPI; assista:

“Quem não deve não teme”, diz presidente da ASPAA; assista:

Leia também:

Vereador é acusado de abandonar cadela e nega

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

4 Comentários
O mais novo
Mais antigo mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Gabriela
24/06/2022 17:56

tem que fazer uma cpi é na prefeitura, nos contratos, cadê os vereadores para fiscalizar?

Heloisa Caixeta Silva
24/06/2022 14:22

O pessoal da Aspaa trabalha por amor, demorou anos pra eles ganharem essa verba que na maioria das vezes não cobre nem a despesa mensal. Vi comentários com uma maldade e egoísmo tão grandes que dói. Quem acha que a Aspaa e obrigada a pegar TODOS os animais dd rua e pq e um verdadeiro egoísta e não sabe nada sobre a Ong. Só espero que a maldade alheia não faça com que essa Ong maravilhosa seja fechada. Esse vereador esta é querendo tirar o dele da reta. É vergonhoso isso.

Lua Silva
24/06/2022 13:24

Fala sério, o Sr. Verador só está bravo porque foi acusado de abandonar uma Cadelinha, pessoal da Asppa que ajudou a pobrezinha. Seria represália? Nunca nem ouvi falar que esse cidadão fez alguma coisa relevante por Patos, ao contrário da Asppa que faz um trabalho incrível pelos animais vulneráveis.

Bia cunha
24/06/2022 13:17

Vai cassar o que fazer Mauri vereador,cria vergonha nessa cara,tá pensando que tds é igual a vc que fica mamando na teta do povo, não faz nada e fica inventando coisas da aasp,com fé em Deus vai ser o último mandato

A responsabilidade pelos comentários é dos respectivos autores. Eles não representam a opinião do Patos Notícias. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos são removidos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAR ERRO

Usamos cookies para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências.  Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.