Vários celulares e tablets furtados são recuperados pela Polícia Militar de Patos de Minas

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Na tarde de ontem (22), na Rua Teófilo Otoni, Bairro Centro, militares de posse de mandado de busca e apreensão domiciliar, para ser cumprido em uma loja de celulares, compareceram ao local e apresentaram ao proprietário.

Durante as diligências e buscas no interior da loja, foram localizados alguns aparelhos celulares furtados em datas anteriores, sendo:

- Continua depois da publicidade -
  • 01 celular marca motorola, Moto G3;
  • 01 telefone celular marca Motorola, Moto G4 Plus;
  • 01 telefone celular marca LG;
  • 01 telefone celular marca Samsung, J1.

Foram localizados dois tablets de marca DL (sendo um de cor preta e um de cor branca) sendo identificados como produtos de furto. Outros oito dispositivos não possuíam proprietários cadastrados no controle da loja. O suspeito de 33 anos relatou que eram tablets de clientes que haviam deixado na loja e não retornaram para buscar.

Feito consultas no sistema, foram localizados alguns tablets furtados semelhantes aos encontrados no interior da loja e pelo motivo de o proprietário não apresentar origem e nem o controle dos produtos, foram apreendidos e entregues à Delegacia de Polícia.

Foram apreendidos também 11 aparelhos de telefones celulares dentro de suas respectivas caixas, na condição de novos, tendo o suspeito não conseguido comprovar a origem destes.

O suspeito relatou que pega telefones celulares na base de troca por outros aparelhos e que muitas vezes estes telefones que ele pega na troca estão quebrados e estragados, não sendo possível saber se é produto de crime.

Diante dos fatos, o homem foi preso em flagrante delito e conduzido à Delegacia juntamente os materiais apreendidos.

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -