Várias aves são encontradas mortas em Rio Paranaíba-MG

A suspeita é que os animais tenham sido envenenados.

Compartilhe

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Várias aves são encontradas mortas em Rio Paranaíba-MG (2)
Foto: Willian Lopes

Em março noticiamos uma série de envenenamentos de animais domésticos em Rio Paranaíba. A situação voltou a se repetir, mas desta vez as vítimas foram 15 urubus e um carcará.

Willian Lopes Silva, membro do Conselho Municipal de Conservação e Defesa do Meio Ambiente (CODEMA), foi quem encontrou as aves mortas em um loteamento do município. Isso aconteceu na tarde deste domingo (15/09).

Foto: Marcelo Ribeiro

Obtivemos também acesso a imagens que mostraram vários animais mortos. A suspeita é que alguém tenha colocado veneno na carcaça, restos mortais, de um cachorro. As aves teriam comido a carne e morrido envenenadas. Outra possibilidade é que o cão tenha sido envenenado e a substância tenha continuado com seu princípio ativo.

Várias aves são encontradas mortas em Rio Paranaíba-MG (1)
Carcará encontrado morto neste domingo.
Foto: Willian Lopes

A preocupação é que esse envenenamento possa interferir no equilíbrio do ecossistema local, já que os urubus se alimentam de animais mortos e assim ajudam a manter o ambiente limpo. Já os carcarás, além de alimentarem de restos mortais, também é predador de alguns animais como das cobras.

O biólogo, Marcelo Ribeiro Pereira, informou que amanhã, segunda-feira (16), será registrado um boletim de ocorrência junto a Polícia Militar.

A lei nº 9.605 de 12 de Fevereiro de 1998 estabelece as sanções penais e administrativas derivadas de condutas e atividades lesivas ao meio ambiente. Confira a seguir

Art. 32. Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos:
Pena – detenção, de três meses a um ano, e multa.

§ 1º Incorre nas mesmas penas quem realiza experiência dolorosa ou cruel em animal vivo, ainda que para fins didáticos ou científicos, quando existirem recursos alternativos.

§ 2º A pena é aumentada de um sexto a um terço, se ocorre morte do animal.

🔔 ATIVAR NOTIFICAÇÕES

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Comments System WIDGET PACK

Os comentários não representam a opinião do Patos Notícias. A responsabilidade pelos comentários é dos respectivos autores.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.