Várias armadilhas são encontradas em casa em Patos de Minas

Vizinhos disseram que o morador vivia isolado. Ele caiu numa das armadilhas e foi baleado.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

A Polícia Militar foi mobilizada na noite de sábado (9) para recolher armadilhas caseiras numa casa na Rua Piracicaba, bairro Jardim Esperança em Patos de Minas. Tudo começou após o morador ficar ferido após cair na própria armadilha. Ele foi baleado com um projétil calibre 12.

As equipes trabalharam para desarmar outras armadilhas presentes no imóvel. Até escudos especiais foram usados para garantir a integridade física dos militares.

Foram encontradas duas armadilhas com calibre 12 e três convencionais, usadas tradicionalmente para capturar grandes animais. No interior do imóvel também foram identificados vários fios energizados, uma espécie de cerca elétrica caseira.

O cofre foi arrombado e dentro dele havia uma escopeta calibre 12 e um revólver calibre 38.

Material apreendido pela Polícia Militar
Foto: Igor Nunes (Patos Notícias)

Vizinhos relataram, à reportagem, que o homem passa boa parte do tempo trancado em casa. Eles o descreveram como “paranoico”. Durante o desenrolar da ocorrência a irmã e a filha dele compareceram ao local. Elas afirmaram que a cerca de quatro anos ele perdeu a esposa.

Segundo o sargento Peres, da Polícia Militar, o homem teria servido ao exército brasileiro no passado. Ele foi cabo, porém não há detalhes quanto ao período que ele integrou o efetivo das forças armadas.

O homem, de 45 anos, poderá responder por posse ilegal de arma de fogo. Ele continua internado no Hospital Regional Antônio Dias (HRAD).

O ACIDENTE

Um homem de 45 anos levou um tiro na região lombar e foi socorrido com hemorragia interna pelo SAMU na noite de sábado (9). O fato aconteceu na Rua Piracicaba, no bairro Jardim Esperança em Patos de Minas.

Informações do SAMU, dão conta de que o homem teria feito uma armadilha caseira usando uma espingarda calibre 12. Ao manusear o artefato, ele foi atingido por um disparo.

A vítima deu entrada no Hospital Regional Antônio Dias (HRAD) em estado grave. Os socorristas se depararam com o paciente já sem pressão arterial, mas após manobras a pressão foi normalizada. Ele foi submetido a cirurgia para estancar o sangramento interno e segue internado.

 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAR ERRO

Usamos cookies para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências.  Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.