Uncas Tales Batista é bicampeão no Mundial de Remo Sub 23

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O brasileiro Uncas Tales Batista tornou-se o primeiro remador do país a vencer um campeonato mundial por duas vezes consecutivas.

O Brasil encerrou sua participação no Mundial de Remo Sub 23 2018, em Poznan, na Polônia com um resultado inédito: Uncas Tales Batista é bicampeão mundial na categoria Single Skiff Masculino Peso Leve Sub 23 (BLM1x).


Uncas repetiu o pódio conquistado em 2017 e tornou-se o primeiro remador brasileiro a vencer um campeonato mundial por duas vezes consecutivas. Uncas iniciou no campeonato com o 1º lugar em sua bateria nas Eliminatórias e classificou-se para as Quartas de Final, conquistando novamente a 1ª posição. Na Semifinal, o remador teve uma disputa apertada com o barco australiano e ficou com a 2ª posição por apenas 0.37 segundo de diferença. Na Final A, chegou aos 500 metros na terceira posição, mas recuperou-se durante a prova e conquistou a medalha de ouro.

- Continua depois da publicidade -

Em 2017, Uncas havia conquistado a medalha de ouro na mesma categoria, além de de ter batido o recorde da prova durante as Quartas de Final. O brasileiro é atualmente atleta do Botafogo (RJ), clube pelo qual venceu o Troféu Brasil de Barcos Curtos 2018 na categoria Single Skiff. Defendendo a Seleção Brasileira, ele também conquistou neste ano o título de campeão Sul-Americano de Remo no Single Skiff Peso Leve Sub 23.

Além de Uncas, o Brasil foi representado no Mundial de Remo Sub 23 2018 por mais dois atletas: Lucas Verthein no Single Skiff Masculino Sub 23 (BM1x) e Milena Viana no Single Skiff Feminino Sub 23 (BW1x). Lucas terminou sua participação com o 6ª lugar na Final A. O remador havia conquistado o 11ª lugar em 2017, evoluindo este ano cinco posições no ranking da categoria. Milena ficou com o 9º lugar geral da categoria. Em 2017, ela havia terminado na 18ª posição, demonstrando uma boa evolução para o resultado atual.

Os atletas viajaram acompanhados pelos técnicos Paulo Vinícius Alves de Souza, do Botafogo (RJ), e Leonardo Cortes Cunha, do Flamengo (RJ). Após a participação na 3ª Etapa da Copa do Mundo, entre 13 e 15 de julho na Suíça, os três atletas e o técnico Paulo Vinícius viajaram para Poznan. Leonardo, que estava no Brasil, foi para a Polônia encontrar a equipe e iniciar o treinamento antes do início das provas.

Uncas Tales Batista comemora após terminar a Final A de sua prova com a primeira colocação/ Foto: Reprodução FISA/World Rowing

Fonte: CBRemo

Fonte: Portal Esporte Net

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -