Um adolescente morre e um jovem fica gravemente ferido após bandidos abrirem fogo em Patrocínio

Foram dois homicídios em um intervalo aproximado de 6 horas. Todos as vítimas possuíam passagens e/ou envolvimento com o tráfico de drogas. Ninguém foi preso até o momento.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Foto: Colaborador do TN

A população de Patrocínio estava com esperança de que o ano de 2018 seria mais calmo, após terminar 2017 com dezenas de homicídios registrados. Nestes primeiros dias de janeiro quarto mortes violentas já aconteceram.

Na data de ontem, terça-feira (23/01), dois jovens acabaram morrendo e um terceiro ficou gravemente ferido. O primeiro homicídio do dia aconteceu no meio da tarde e vitimou um adolescente de 17 anos. (Clique aqui e leia a matéria publicada a respeito deste caso). 

- Continua depois da publicidade -

Por volta das 21h45min, dois indivíduos foram baleados na Rua José Francisco Santana no Bairro Enéas. De acordo com as informações preliminares da Polícia Militar, dois autores desceram de um veículo branco e começaram a efetuar os disparos. Após consumado o objetivo dos mesmos, ambos evadiram e até o momento não foram localizados.

Geraldo Francisco de Oliveira Júnior de 20 anos ficou gravemente ferido e foi encaminhado ao Pronto Socorro Municipal. Em breve diálogo com os PMs, ele afirmou que as armas utilizadas no crime eram, possivelmente, pistolas.

Um disparo atingiu o abdômen, transfixou e saiu pela lateral direita do tórax. Já o segundo e o terceiro, atingiram a coxa esquerda e a canela respectivamente. Geraldo foi submetido a cirurgia e continua internado em observação.

Rafael V. S. A. de 17 anos foi atingido por um disparo na região da cabeça e já deu entrada no Pronto Socorro em estado gravíssimo. De acordo com a equipe médica, houve perda de massa encefálica, e as 22h52min foi constatado o óbito.

Durante toda a madrugada rastreamentos foram feitos na cidade, porém sem sucesso. Alguns populares relataram terem avistado um VW/Gol G5 trafegando pela Av. Odir Aleixo, sentido ao Bairro Jardim Sul. Quem tiver qualquer informação sobre o paradeiro dos autores informe imediatamente a Polícia Militar através do 190 ou 181 (disque denúncia unificado).

As investigações seguirão a cargo da Polícia Civil de Minas Gerais. As duas vítimas possuíam passagens pelo crime de tráfico de drogas, levando a crer que um acerto de contas pode ser a motivação do homicídio e tentativa de homicídio.

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -