Trio compra carro por R$ 100,00, vão dar “rolezinho” e acabam presos em Patos de Minas

O automóvel pertence a uma faculdade e foi furtado do interior de um condomínio.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Foto: Divulgação (Polícia Militar Rodoviária/PMR)

Três homens foram presos por suspeita de receptação no km 173 da MGC-354 em Patos de Minas. Eles conduziam um automóvel Fiat/Palio quando não pararam em uma operação da Lei Seca.

Segundo a Polícia Militar Rodoviária (PMR), os suspeitos foram perseguidos em alta velocidade, interceptados e abordados. O automóvel pertence a uma faculdade e havia sido furtado em condomínio na última quinta-feira (07).

Questionados, os suspeitos disseram que compraram o carro de um usuário de drogas por R$ 100,00 e que estavam dando um “rolezinho” pela cidade.

Durante buscas no carro e nos suspeitos foram apreendidos: uma bucha de substância análoga a maconha, dois celulares, dois isqueiros, R$ 61,50 e um maço de cigarro.

Os três indivíduos foram conduzidos para a delegacia de Polícia Civil de Patos de Minas. O veículo foi removido pelo guincho até o pátio credenciado ao DETRAN para posterior restituição ao proprietário.

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
ATENÇÃO: Dê preferência em utilizar sua conta do Facebook ou Google para comentar. Comentários com cinco descutidas serão submetidos a moderação. Para denunciar um comentário, clique na bandeira vermelha.
Os comentários não refletem a opinião do portal. A responsabilidade dos comentários é integralmente de seus autores. O Patos Notícias se reserva ao direito de remover postagens que violem seus termos de uso ou as leis vigentes sem prévia notificação.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.