Transferência de domicílio fiscal para Rio Paranaíba causa revolta de empresários em Guarda dos Ferreiros

Segundo informações vinculadas na imprensa de São Gotardo uma notificação foi entregue aos empresários em dezembro.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
01 Guarda
Foto: Reprodução (SG Agora)

O Distrito de Guarda dos Ferreiros pertence a dois municípios diferentes, Rio Paranaíba e São Gotardo. A divisão sempre causou polêmica e os moradores aguardam uma decisão a respeito do caso.

Os serviços básicos, como saúde e coleta de lixo, são condicionados ao município. Quem mora do lado de Rio Paranaíba, por exemplo, é atendido por aquela respectiva prefeitura.

Além disso, o recolhimento de impostos está condicionado a municipalidade. No final do ano passado o prefeito de Rio Paranaíba iniciou um processo para permitir o recolhimento tributário de empresas que operam em seu território.

A manobra, no entanto, desagradou alguns empresários que foram notificados em dezembro. Em entrevista a uma emissora de televisão, eles destacaram que não querem a mudança e desejam continuar pagando seus impostos à São Gotardo. Uma das justificativas apresentadas é que a prefeitura de Rio Paranaíba não está prestando serviços satisfatórios a população.

Vários destes empresários compareceram em uma reunião na Câmara de São Gotardo. Eles recorreram ao legislativo para saber como ficaria a situação, já que a notificação, segundo informações, previa inclusive a aplicação de sanções caso não cumprida.

A reportagem do Triângulo Notícias tomou conhecimento da polêmica após o compartilhamento do vídeo em rede social. No final da tarde tentamos contato com a prefeitura de Rio Paranaíba, porém nossos telefonemas não foram atendidos. Amanhã, quarta-feira (09) continuaremos na apuração do caso.

Assista a reportagem produzida pela SG TV, emissora da Rede Minas.

 

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS