Tragédia da BR-146: Passageiros não usavam cinto de segurança e motorista pode ter dormido

A Polícia Civil está investigando o caso. Seis pessoas morreram e mais de 30 ficaram feridas.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Foto: Arquivo (Triângulo Notícias)

Uma tragédia no último sábado (02) na BR-146, próximo ao distrito de Catiara, deixou seis vítimas fatais e mais de 30 feridas, após um ônibus cair em uma ribanceira de aproximadamente quatro metros. O acidente aconteceu por volta da 1h da madrugada e equipes do Corpo de Bombeiros, SAMU, Ambulâncias Municipais e Polícia Militar Rodoviária ajudaram no socorro que durou horas.

Nas primeiras horas da manhã, vários dados desencontrados chegaram a informar o falecimento de 11 passageiros, porém tempo depois a secretaria de saúde de Serra do Salitre corrigiu o número.

Saiba mais detalhes deste acidente, na reportagem completa do Triângulo Notícias

Imprudência

A Polícia Militar Rodoviária registrou ocorrência. De acordo com os ocupantes o ônibus não possuía cinto de segurança. O dispositivo de uso obrigatório poderia ter evitado boa parte das lesões.

As vítimas relataram que o motorista seguia em alta velocidade e que o veículo tremeu no momento que ele convergiu na primeira curva. “Tentamos pedir para ele diminuir, mas não adiantou” disse uma sobrevivente ao Triângulo Notícias.

Outra testemunha, afirmou que o ônibus estava dançando na pista. “Ele estava fazendo zigue-zag, acho que o motorista pode ter dormido”.

Ônibus Clandestino

No final da tarde de sábado, o Triângulo Notícias conversou com uma das sobreviventes. Segunda ela, o motorista corria muito e poderia ter ingerido bebida alcoólica. “Nosso outro ônibus quebrou e nos pegamos outro veículo. Eu sabia que não chegaríamos ao destino”. Bruna sofreu um corte na região do pescoço e perdeu muito sangue. Ela foi levada para a Santa Casa de Patrocínio, onde recebeu atendimento médico.

De acordo com as últimas informações, ela conseguiu entrar em contato com a família e está voltando para a casa.

Solidariedade da População

A sociedade de Patrocínio ficou comovida com a situação dos sobreviventes e na manhã de sábado realizou um intenso mutirão que resultou na arredação de uma grande quantidade de alimentos, produtos de higiene pessoal e vestuário.

As doações foram entregues aos sobreviventes que ficaram alojados em um abrigo cedido pelo município. O material será levado pelas vítimas quando estas retornarem para sua cidade, haja vista que toda a bagagem foi perdida.

Familiares da região nordeste e do estado de São Paulo chegaram a Patrocínio no domingo (03/09). Ontem, segunda (04), várias pessoas já haviam retornado à Arapiraca-AL.

Protesto da População

A população de Serra do Salitre foi até o trecho da BR-146 e protestou na tarde de sábado (02/09). Os manifestantes pediram que o DNIT (Departamento Nacional de Infraest de Transportes) tome providência, haja vista que vários acidentes com vítimas fatais já foram registrados neste ano de 2017.

Leia mais: MANIFESTANTES INTERDITAM BR-146, APÓS TRAGÉDIA NA SERRA DA CATIARA

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS