Torcedores brigam, jogam pedras e Cruzeiro perde para o Atlético-MG

Time celeste enfrenta má fase e chega a zona de rebaixamento.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Cruzeiro perde para o Atlético-MG
Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

O Cruzeiro e o Atlético-MG se enfrentaram ontem a noite, domingo (04/08), em mais uma rodada do Campeonato Brasileiro. A partida aconteceu no estádio Independência, região oeste de Belo Horizonte.

De acordo com a Polícia Militar, doze torcedores brigaram e foram parar na delegacia. Eles estavam se agredindo com socos, chutes, pedras e pedaços de madeira.

- Continua depois da publicidade -

Mais cedo, o ônibus da delegação do Cruzeiro foi atingido por pedras. A informação foi confirmada pelo time. Apesar do susto, ninguém ficou ferido.

O Cruzeiro perdeu por dois gol de diferença diante do rival, Atlético-MG. Com o resultado o time chegou a zona de rebaixamento, 17ª posição. A equipe soma dez pontos, com duas vitórias, quatro empates e sete derrotas.

RESUMO: Atlético-MG 2 x 0 Cruzeiro

Motivo: 13ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data: 04/08/2019 ( domingo)
Local: Independência, em Belo Horizonte – Minas Gerais, Brasil
Gols: Vinícius aos 45 minutos do primeiro tempo e e Nathan aos 46 minutos do segundo tempo
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden
Atlético-MG: Claiton, Patric, Igor Rabello, Réver e Fábio Santos; Jair, Elias, Chará, Vinícius (Nathan) e Cazares (Geuvânio); Ricardo Oliveira (Papagaio)
Técnico: Rodrigo Santana
Cruzeiro: Fábio, Orejuela, Dedé, Léo, Egídio, Henrique, Ariel Cabral (Robinho), Marquinhos Gabriel, Thiago Neves (David), Pedro Rocha (Sassá), Fred
Técnico: Mano Menezes
Cartões amarelos: Orejuela , Fred e Thiago Neves (Cruzeiro); Elias e Jair (Atlético-MG)

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -