Tendência é de queda nas matrículas no ensino médio brasileiro, aponta Censo Escolar

No Brasil, cerca de 7,5 milhões de alunos do ensino médio deixaram de estudar
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O número de estudantes matriculados no ensino médio reduziu, de acordo com Censo Escolar da Educação Básica 2019. A pesquisa foi feita pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e mostrou que cerca de 7,5 milhões de alunos deixaram a escola nas últimas séries da educação básica. O percentual representa 3,1% em relação à pesquisa anterior.

Componentes demográficos são apontados como influenciadores da diminuição de estudantes no ensino médio, segundo o relatório do Inep. Localização da escola e tempo de duração das aulas foram fatores considerados na avaliação.

A pesquisa aponta que as escolas que ofertam vagas no nível médio estão concentradas nas áreas urbanas (95%), enquanto que na zona rural a rede pública tem 96,3% dos estudantes do ensino médio, com maior proporção de matrículas na rede federal.

Em contrapartida à redução, aumentou o número de estudantes em tempo integral no ensino médio. Em 2019, houve avanço de 10,8% nas matrículas para tempo integral, conforme apuração do Inep. O levantamento considera que a maior proporção de matriculados no tempo integral (11,7%) está concentrada na rede pública. Nas escolas privadas, a proporção de estudantes é de 4,8%.

De acordo com os dados do Censo Escolar 2019, no ensino médio, 4.907 estabelecimentos escolares oferecem matrículas em tempo integral. Desses, 2.404 unidades possuem mais de 70% dos estudantes na modalidade.

Entenda o Censo Escolar

O Censo Escolar é uma pesquisa estatística que tem como objetivo fazer um diagnóstico sobre a educação básica brasileira.

Sob coordenação do Inep, o Censo Escolar é realizado em regime de colaboração entre a União, os estados, o Distrito Federal e os municípios.

A pesquisa é declaratória, de abrangência nacional e coleta informações de todas as escolas públicas e privadas, suas respectivas turmas, seus gestores, profissionais escolares e alunos de todas as etapas e modalidades de ensino: regular, educação especial, educação de jovens e adultos (EJA) e educação profissional.

*Com informações do Inep

 

Fonte: Brenda Chérolet – Agência Educa Mais Brasil

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
A responsabilidade pelo comentário é totalmente de seu respectivo autor. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos serão removidos automaticamente. Achou um comentário ofensivo? Clique em "denunciar".

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.