Temer reforça que estados terão verbas para segurança pública

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Brasília - O presidente Michel Temer discursa na abertura do seminário em comemoração aos 25 anos da AGU (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Temer disse que estados terão verbas para investir em segurança pública. Governo dará "todo o apoio à atividade", afirmou   Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O presidente Michel Temer reforçou hoje (22), em Brasília, que estados receberão recursos para investir em segurança pública, por meio do recém-criado Ministério da Segurança Pública. Segundo ele, uma vez que a segurança cabe aos estados, o governo federal dará "todo o apoio à atividade".

A informação foi dada em entrevista à rádio baiana Caraíbas FM. "A tarefa da segurança pública cabe fundamentalmente ao estado, então, não podemos invadir a competência do estado. Mas, o que nós vamos fazer é coordenar e integrar essa atividade de segurança pública. Seguramente, nós vamos dar todo o apoio à atividade de segurança pública, vamos, inclusive, colocar recursos para os estados para prover a questão da segurança pública", afirmou.

O presidente da República destacou a criação do Ministério da Segurança Pública, que será responsável por essa coordenação. A Medida Provisória que criou a nova pasta foi assinada no mês passado. Agora, o governo passa a ter 29 ministérios.

O Ministério da Segurança Pública passa a ser composto pelo Departamento de Polícia Federal, Departamento de Polícia Rodoviária Federal, Departamento Penitenciário Nacional, o Conselho Nacional de Segurança Pública,  Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária e a Secretaria Nacional de Segurança Pública.

Os orçamentos destinados a esses setores – atualmente no Ministério da Justiça – migrarão para a nova pasta. Dentre as competências do novo ministério figuram o patrulhamento ostensivo das rodovias federais e a política de organização e manutenção da Polícia Civil, da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal.

Reeleição

Perguntado sobre a possibilidade de se candidatar à reeleição, Temer disse: "Estou pensando nisso, não é improvável, mas ainda estou pensando nessa matéria". Quando assumiu como presidente, Temer afirmou em diversas ocasiões que não seria candidato. Recentemente, ele não tem negado que essa é uma possibilidade.

FONTE: Agência Brasil

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. A responsabilidade dos comentários é integralmente de seus autores. Comentários que são considerados como spam ou ofensivos devem ser denunciados diretamente ao Facebook. O Patos Notícias se reserva ao direito de remover postagens que violem seus termos de uso ou as leis vigentes sem prévia notificação. 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.