Temer divulga vídeo rebatendo críticas de João Dória ao seu governo

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O presidente Michel Temer divulgou um vídeo em sua conta no Twitter rebatendo o candidato ao governo de São Paulo, João Dória, do PSDB. Temer se queixa de críticas que o tucano teria feito ao seu governo em propagandas eleitorais. O presidente disse que o ex-prefeito de São Paulo deve se comportar como é, e não “como orienta o marqueteiro”.

“Você que tanto enalteceu meu governo, não é por causa das eleições que vai mudar suas características. Aliás, se quisermos dar um exemplo nessa eleição, devemos nos comportar como somos, não como muitas vezes, penso eu, o marqueteiro talvez te aconselhe. Eles estão equivocados porque ferem os critérios morais que devem pautar a sua conduta e de todos os candidatos”. O vídeo já teve 167 mil visualizações até as 20h.

- Continua depois da publicidade -

Temer lembrou que os partidos que compõem a coligação de Dória também fazem parte da base aliada do governo federal. Dos cinco partidos unidos à coligação encabeçada pelo PSDB para o governo de São Paulo, quatro (PSD, PRB, Democratas e PP) são da base aliada de Temer. 

Michel Temer critica João Dória, candidato ao governo de São Paulo pelo PSDB, em vídeo no Twitter

Michel Temer critica João Dória, candidato ao governo de São Paulo pelo PSDB, em vídeo no Twitter – Reprodução Twitter

 

O presidente acrescentou que Dória, além de elogiar sua gestão no passado, já lhe pediu ajuda, tendo sido atendido. Temer encerra o vídeo com um bordão, aconselhando Dória a “desacelerar”. “Quando ocupou por brevíssimo tempo a prefeitura de São Paulo, você me pediu muito auxílio ao governo federal, e nós demos. […] Peço a você que não falte a verdade. Desacelera”.

Não é a primeira vez que o presidente usa as redes sociais para responder a candidatos que o criticam. No início deste mês, ele fez vídeos para rebater críticas de Geraldo Alckmin, também do PSDB, e Fernando Haddad, do PT, ambos candidatos a presidente da República.

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -