Tatu morre queimado e aumento dos incêndios preocupa em Minas Gerais

Incêndios em vegetações tem se tornado frequentes na região do Alto Paranaíba e Triângulo Mineiro.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Foto: Divulgação (Corpo de Bombeiros/MG)

Uma imagem chocante foi divulgada pelo Corpo de Bombeiros na tarde desta segunda-feira (23/07). Um tatu que estava em uma área de vegetação na zona rural de Uberaba acabou morrendo queimado.

O incêndio teria acontecido na última sexta-feira (20/07) na região de Capelinha do Barreiro. O animal possivelmente estava entocado, quando foi surpreendido pelo fogo.

A posição em que ele foi encontrado leva a crer que ele tentou fugir, mas não conseguiu.

Foto: Divulgação (Corpo de Bombeiros/MG)

De acordo com os Bombeiros, os incêndios florestais são na maioria dos casos provocados pela ação humana. Muitas vezes, fazendeiros colocam fogo para limpar determinada área.

No período da seca o cuidado deve ser redobrado já que qualquer fagulha pode provocar um incêndio de grandes proporções. As margens de rodovias, uma simples bituca de cigarro pode gerar as chamas.

Em caso de incêndio o ideal é manter a calma e acionar os Bombeiros através do telefone 193. Os motoristas devem ficar atentos a baixa visibilidade e reduzir a velocidade. Caso as chamas comecem a atingir a pista, o melhor é parar o veículo e não arriscar.

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS