Suspeito de matar desafeto a facadas é preso pela Polícia Civil

O crime aconteceu no bairro Nossa Senhora de Fátima. O suspeito se apresentou na delegacia nesta sexta-feira (25/06).
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

A Polícia Civil prendeu o suspeito de praticar um homicídio em 26 de maio no bairro Nossa Senhora de Fátima em Patos de Minas. Segundo o delegado de crimes contra a vida, Luís Mauro Sampaio, o homem de 52 anos se apresentou juntamente com o advogado de defesa. Na delegacia ele preferiu ficar em silêncio.

O suspeito foi conduzido ao presídio ficando à disposição da Justiça. O inquérito está em fase final e deverá ser entregue na próxima semana.

Relembre o crime

Claudemar Antônio Silva de 47 anos foi morto a facadas em 26 de maio

O homicídio aconteceu numa quarta-feira, 26 de maio, na Rua Gerôncio Gonçalves, bairro Nossa Senhora de Fátima, em Patos de Minas.

Segundo informações da Polícia Militar, o homem de 47 anos foi atingido por quatro facadas no peito e duas na mão. O SAMU chegou a ser acionado, contudo Claudemar Antônio Silva não resistiu aos ferimentos e faleceu no local.

A arma do crime foi apreendida pela polícia
Foto: Igor Nunes (Patos Notícias)

Em entrevista na época, o delegado da Polícia Civil, Luís Mauro Sampaio, afirmou que o suspeito e a vítima teriam se desentendido em um bar. “Eles tiveram a discussão e foram para um segundo bar, separados, a princípio. Neste segundo bar, a vítima chegou primeiro e posteriormente chegou o autor, que discutiu com ela. O dono do bar tentou apaziguar a situação e mandou que os dois fossem embora. A vítima pegou sua motocicleta e foi embora. […] Logo trás partiu o veículo que seria do autor”. Quando a vítima chegou em sua residência foi surpreendida pelo desafeto que desferiu as facadas.

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.