Esbarrão no banheiro pode ter motivado atirador que abriu fogo em boate

Suspeito de 30 anos se apresentou na delegacia nesta terça-feira (7). Com mandado de prisão preventiva, ele seguiu para o Presídio Sebastião Satiro.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O suspeito de efetuar disparos contra seis pessoas numa boate na Rua José de Santana, no centro de Patos de Minas, se apresentou na tarde desta terça-feira (07/06) na sede do 10º Departamento Regional de Polícia Civil (DRPC). Com mandado de prisão preventivo já expedido pela justiça, o homem de 30 anos será levado para o Presídio Sebastião Satiro.

Segundo o delegado, Luís Mauro Sampaio, a motivação foi um atrito entre o suspeito e o alvo dos disparos. Vítima e atirador teria se “esbarrado” no banheiro e a partir daí houve a “desavença”.

Segundo as investigações, após o desentendimento, o acusado teria ido até o próprio carro, manobrou e estacionado na frente da boate. Ao visualizar a vítima, realizou os disparos que atingiram seis pessoas. O delegado informou não havia um atrito entre acusado e a vítima antes daquela noite.

O advogado de defesa, José Ricardo Souto, disse que o acusado é uma pessoa de bem e trabalhador, mas que acabou se envolvendo neste fato lamentável. Ele disse que o cliente reconheceu que efetuou os disparos, que não tinha intenção de machucar ninguém e que se arrepende.

“Naturalmente quer prestar contas à justiça e assim fez, veio aqui hoje e se apresentou”. 

Ricardo disse que o mandado de prisão preventiva foi expedido nesta terça-feira pela Justiça, mas que foi coincidência. Segundo ele, o rapaz teria tentado se apresentar na segunda-feira, porém não foi possível por questão de logística. O acusado não prestou depoimento e permaneceu em silêncio.

A arma do crime ainda não foi apresentada. O suspeito disse que jogou fora e não entrou em detalhes. Segundo o delegado, Luís Mauro Sampaio, o investigado não detém nenhum registro de armamento, o que leva a crer que a pistola seja ilegal ou pertença a um terceiro.

O delegado disse que a Polícia Civil ainda vai analisar o caso com mais profundidade. Ainda serão ouvidas algumas testemunhas e as vítimas para fechar o inquérito, que será apresentado ao Ministério Público de Minas Gerais (MPMG). Luís Mauro não informou quais crimes que o acusado deve responder.

Leia sobre o crime:

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

5 Comentários
O mais novo
Mais antigo mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Pirilampo da Silva
07/06/2022 21:20

“Cara de bem, trabalhador”? Fala sério, é um psicopata pronto pra explodir e ferir inocentes por conta de “esbarrões” em locais lotados. Não gosta, não vai. Não sai dando tiros ao acaso e ferindo pessoas inocentes.

Patense
07/06/2022 17:50

Ele é um vagabundo safado que sai atirando em pessoas inocentes, não é nenhum trabalhador!!!! Onde já se viu isso seu adevogado??? As vítimas estão bem mas estão feridas devido a esse indelinquente retardado!!! Cadeia nesse vagabundo é pouco….

Sandra
07/06/2022 17:24

Nome!!!! Cadê o nome desse vagabundo???? Thiago o que?
Suspeito!?!! Ele se identificou, não tem nada de suspeito!
Que piada! Abalado estão as pessoas que presenciaram a cena!
Sr. Ricardo, confira com seu cliente o reconhecimento do fato, sem ele, não há arrependimento!
Arrepende nos pés de uma cela, imbecil!

Tefa Gomes
07/06/2022 17:14

As pessoas que estavam trabalhando tbem são trabalhadores, inclusive tem pais e mães de família lá,isso não justifica sair atirando em todo mundo não! Responder em liberdade porque se entregou? Tá de brincadeira rs, É, Brasil sendo Brasil, tem jeito mesmo não!

Juvenal Aparício
Responder a  Tefa Gomes
07/06/2022 19:09

Acho que não vai ser em liberdade,parece que se apresentou à polícia e foi levado de imediato ao presídio.

A responsabilidade pelos comentários é dos respectivos autores. Eles não representam a opinião do Patos Notícias. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos são removidos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAR ERRO

Usamos cookies para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências.  Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.