Soja: Preços em alta. Repique técnico e aguardando relatório de exportações semanais, por Miguel Biegai da OTCex Group

Compartilhe

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Fonte: Agrinotícias

Os contratos futuros de soja na Bolsa de Chicago trabalham em ligeira alta nesta quinta-feira (17/08). Novembro/17 avança 7,5 centavos e agora está valendo US$ 931,75 centavos por bushel. Foram 17 mil contratos negociados no novembro até o momento (06:30 da manhã, horário Brasília). Como cada contrato é equivalente a 136 toneladas, então já foram negociadas 2,3 milhões de toneladas de soja só na madrugada desta quarta para quinta, e só no vencimento novembro. E isso, num madrugada “calma” para um mês de agosto. Já teve dias aí que foram negociadas 8,16 milhões de toneladas somente no noturno.

O mercado está respeitando o suporte da linha de tendência de baixa, como pode ser vista no gráfico logo abaixo (em vermelho). No entanto, esse movimento de alta de hoje está mais lligado a recomposição técnicas (realização de lucros de quem entrou vendendo nos últimos dias) do que necessariamente de compras novas. Nos mapas climáticos, nada de muito novo, a não ser uma grande mancha de temperaturas normais previstas para os dias de 22 a 26 de agosto, cobrindo todo o cinturão produtivo. Mas as precipitações estão projetadas para ficarem acima do normal no mesmo período. Vai tudo mesmo se encaminhando para uma safra de mais de 115 milhões de tons. A janela climática para que isso se altere está restrita a mais duas semanas, e precisaria de uma reviravolta completa para mudar o quadro, com temperaturas altíssimas durante duas semanas sequidas e praticamente sem chuva. Mesmo assim, a umidade do solo atual praticamente garante o restante do período de desenvolvimento até o final de agosto. Depois dessas duas semanas, algumas regiões já não precisarão mais de chuva. Pelo contrário, com a proximidade da colheita, precisarão é que pare de chover.

Um relatório que pode dar um pouco de de suporte ao mercado é o de exportações semanais. Espera-se que as fortes quedas tenham incentivado um bom volume de compras por parte, principalmente, dos asiáticos. Graficamente, tendência de baixa bem clara e definida, ainda. Tanto no suporte e resistência, como nas médias móveis.

Agenda confirmada até o momento: Dia 30 e 31/08, curso de proteção de preços de soja em Boa Vista- RR, Dia 01/09, palestra na abertura da colheita da soja em Boa Vista/Roraima. Dia 04/09, curso de Proteção de Preço em Posse (GO), curso no RS ainda com local e data a confirmar na segunda quinzena de setembro. Curso em SP, ainda com local e data a confirmar para final de setembro.

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
A responsabilidade pelo comentário é totalmente do respectivo autor. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos serão removidos automaticamente. Achou um comentário ofensivo? Clique em "denunciar".

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.