Setembro Verde: luta pela inclusão social da pessoa com deficiência é lembrada em evento do CER

Depoimentos de pessoas com necessidades especiais enriqueceram o momento e mostraram ser possível sim participar da vida comunitária
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O Setembro Verde – mês oficial da luta pela inclusão social de pessoas com deficiência física, mental, intelectual ou sensorial – foi celebrado na última sexta-feira (25) pela equipe do Centro Especializado em Reabilitação Totó Veloso (CER II). O evento ocorreu de forma simplificada, em razão da pandemia de Covid-19, mas não perdeu sua importância. O secretário municipal de Saúde, Carlos Rezende, e pacientes assistidos na unidade acompanharam o momento.

- Continua depois da publicidade -

Depoimentos de pessoas com necessidades especiais enriqueceram o evento e mostraram ser possível sim participar da vida comunitária. Sílvio Ribeiro foi um dos convidados a compartilhar sua história, marcada pela superação depois que foi baleado ao sofrer um assalto. A perda de movimento nas pernas o levou ao esporte e, há alguns anos, dedica-se à prática de basquetebol. Ele preside a Associação Paraolímpica Patense (APP) e a Liga Mineira de Basquete em Cadeiras de Rodas.

A jovem Bárbara Stéphane Oliveira Chagas partilhou as mudanças na sua vida após um acidente automobilístico, em outubro de 2016, a deixar tetraplégica aos 18 anos. A limitação física, contudo, não a impossibilitou de chegar à faculdade, e ela hoje cursa o quarto período de Psicologia. Já Desirrê Tibúrcio testemunhou como lida com a esclerose múltipla, doença autoimune que afeta o sistema nervoso, causando lesões no cérebro e na medula.

A enfermeira do CER Simone dos Anjos Caixeta Pacheco também participou, juntamente com a sua paciente estomizada Maria Marta, e chamou atenção para essa deficiência em especial, muitas vezes invisível aos olhos da sociedade. O dia em que se colocou em pauta a luta da pessoa com deficiência foi encerrado com lanche servido em kits individualizados e apresentação do garoto Emanuel José Alves na sanfona.

“Foi a nossa contribuição para comemorar e conscientizar sobre esse tema tão importante”, disse a coordenadora do Centro Especializado em Reabilitação Física e Visual Totó Veloso, Cirlene Bomtempo de Borba.

A data – Vinte e um de setembro foi instituído como o Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência pela Lei 11.133, de 2005. O objetivo da oficialização foi dar maior visibilidade à causa e garantir a integralização desse público na sociedade de maneira igualitária e sem preconceitos.

O CER II está localizado na Avenida Comandante Vicente Torres, 765, no Bairro Jardim Peluzzo (próximo à UPA). O telefone para contato é (34) 3700-8129.

 

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -