Serviços de emergência falam em 12 mortos e 39 feridos em ataques em Teerã

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Pelo menos 12 pessoas morreram e 39 ficaram feridas nos ataques terroristas feitos hoje (7) contra o Parlamento iraniano e o mausoléu do Aiatolá Khomeini em Teerã, segundo os serviços de emergência.

As forças de segurança conseguiram, após quase cinco horas, controlar a situação nos dois locais que foram alvos de ataques, cuja autoria foi assumida pelo grupo terrorista Estado Islâmico.

- Continua depois da publicidade -

Ainda que não haja informações sobre onde as vítimas morreram, os dados divulgados até o momento mostram que o maior massacre foi cometido no Parlamento.

No mausoléu, os meios oficiais informam a morte de um funcionário do local e ferimentos em quatro peregrinos.

Os terroristas invadiram os dois locais com fuzis Kalashnikov, pistolas e explosivos, e na Assembleia chegaram a fazer vários reféns.

Calcula-se que pelo menos oito terroristas participaram dos ataques, sendo que alguns se mataram, outros foram mortos pela polícia e outros acabaram detidos.

As operações de segurança levaram muito tempo, sobretudo no Parlamento, situado no centro de Teerã, devido ao grande número de civis tomados como reféns.

Os acessos à assembleia foram totalmente fechados pela polícia, em ambiente de grande tensão.

Este é o primeiro ataque desse tipo que ocorre no Irã, cujas autoridades reforçaram as medidas de segurança em torno dos edifícios oficiais, como a sede da Presidência.

Fonte: Agência Brasil

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -