Seminário em Ribeirão das Neves discute as várias faces da violência

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Um dia inteiro para discutir a realidade da segurança pública em Ribeirão das Neves (Território Metropolitano) e algumas faces da violência na região. Com esse objetivo, cerca de 150 pessoas, entre sociedade civil, gestores, oficineiros e participantes dos programas de prevenção à criminalidade da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), se reuniram, durante toda esta quarta-feira (4/7), no seminário “Violência em análise: uma discussão sobre as diversas faces desse fenômeno”.

De acordo com a subsecretária de Prevenção à Criminalidade da Sesp, Andreza Gomes, é de suma importância discutir a realidade de cada região, uma vez que cada localidade tem a sua especificidade. Ela explica que conhecer as diferenças contribui para a elaboração de ações mais efetivas.

- Continua depois da publicidade -

“Nós que acreditamos nas políticas de prevenção temos que pensar juntos com as comunidades. A prevenção que estamos trabalhando é a do Estado junto das pessoas para garantir seus direitos”, afirma. “Encontros como esse são fundamentais para que possamos continuar nosso trabalho na luta por uma política de prevenção forte, estruturada e cada dia mais efetiva na vida das pessoas. Não só aqui em Neves, mas em toda Minas Gerais”, completa.

Para o secretário municipal de Segurança Pública de Ribeirão das Neves, Lenílson Marcos, a realização de eventos como esse contribui para o desenvolvimento das ações de segurança pública municipais. “A segurança pública é uma responsabilidade de todos, e só através de muito diálogo é que vamos construir uma cidade com nossos jovens longe da criminalidade e com mais segura para todos”, avalia.

Durante todo o dia, o público presente participou de palestras e rodas de discussão com temas como “Violência estrutural e suas reverberações no território”, “Masculinidade – Trabalhando a violência com o público masculino” e “Violência de gênero: mulher vítima e agressora”. Além disso, jovens que participam de oficinas do programa Fica Vivo! fizeram apresentações de circo, dança urbana e capoeira e expuseram painéis de grafite.

Os programas

A Política de Prevenção Social desenvolvida pelo Governo de Minas Gerais é um conjunto de ações inovadoras no campo da segurança pública que tem foco na intervenção direta em fatores sociais relacionados à violência e à criminalidade.

Por meio da articulação de quatro programas – Fica Vivo!, Mediação de Conflitos, Central de Acompanhamento de Alternativas Penais (Ceapa) e Programa de Inclusão Social de Egressos do Sistema Prisional (PrEsp) –, o trabalho visa favorecer a prevenção junto a territórios violentos e a públicos mais vulneráveis.

Fonte: Agência Minas

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -